脷ltimas Not铆cias

Governo anuncia menor taxa de desmatamento na Amaz么nia em 23 anos

A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (5), durante cerim么nia de comemora莽茫o do Dia Mundial do Meio Ambiente, que a Amaz么nia Legal teve a menor taxa de desmatamento desde 1988, quando o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCTI) come莽ou a fazer a medi莽茫o. De acordo com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, 81,2% da floresta original encontram-se conservadas. 鈥淎 ministra Izabella mostrou que mais de 80% da vegeta莽茫o original da Amaz么nia permanece intacta e tamb茅m que entre 2004 e 2011 o desmatamento na regi茫o sofreu uma queda de 78%. Essa redu莽茫o 茅 impressionante, 茅 fruto de mudan莽as na sociedade, mas tamb茅m ela 茅 fruto da decis茫o pol铆tica de fiscalizar e ao mesmo tempo da a莽茫o punitiva dos 贸rg茫os governamentais鈥.

Izabella tamb茅m informou que houve redu莽茫o no desmatamento nos meses de abril e maio deste ano, em compara莽茫o com o ano anterior, com taxas 51% e 61% menores, respectivamente. 鈥淥 Brasil est谩 mostrando que 茅 poss铆vel crescer, incluir e proteger鈥, frisou, fazendo alus茫o ao slogan do Dia Mundial do Meio Ambiente no Brasil. A ministra tamb茅m lembrou que h谩, atualmente, mais de 23 mil fam铆lias inscritas no Bolsa Verde.

Durante a cerim么nia, Dilma Rousseff assinou decretos de cria莽茫o do Comit锚 da Bacia Hidrogr谩fica do Rio Paranapanema, da Reserva Biol贸gica Bom Jesus, no Paran谩, e do Parque Nacional Furna Feia, no Rio Grande do Norte. A presidenta tamb茅m ampliou as 谩reas do Parque Nacional do Descobrimento, na Bahia; da Floresta Nacional Araripe-Apodi, no Cear谩; e da Floresta Nacional Goytacazes, no Esp铆rito Santo. Ela tamb茅m homologou as terras ind铆genas de Santa Cruz da Nova Alian莽a, Matintin, Tenharim Marmelos, Lago do Marinheiro e Porto Limoeiro, no estado do Amazonas; Riozinho de Alto Envira, no estado do Acre; e Xip谩ya, no estado do Par谩.

Outro decreto assinado por Dilma torna sustent谩veis as compras p煤blicas governamentais. A presidenta assinou ainda duas mensagens que ser茫o enviadas ao Congresso Nacional. Uma, fundamentando o processo de ratifica莽茫o do Protocolo de nagoia sobre acesso e reparti莽茫o de benef铆cios deridados da utiliza莽茫o de recursos gen茅ticos e outra sobre a import芒ncia da Conven莽茫o de Bonn para a conserva莽茫o de esp茅cies migrat贸rias de animais silvestress

Tamb茅m foi anunciado um plano de a莽茫o com o objetivo de reduzir a mortalidade infantil e materna da popula莽茫o ind铆gena, com atendimento voltado para crian莽as de at茅 6 anos e mulheres de 10 a 49 anos. Ao anunciar o plano, Dilma afirmou que 茅 preciso dar um tratamento especial 脿 quest茫o da sa煤de ind铆gena.

Crise
A presidenta Dilma Rousseff afirmou que quem quiser tirar proveito da crise econ么mica internacional vai perder. Segundo ela, o governo possui um arsenal de medidas que podem ser utilizadas quando for necess谩rio para combater os efeitos da crise. 鈥淨uem aposta na crise, como alguns apostaram h谩 quatro anos atr谩s, vai perder de novo. Enfrentaremos novas dificuldades com transpar锚ncia, sem esconder os problemas, mas com met贸dica e cuidadosa a莽茫o governamental (鈥) O Brasil vai se manter no rumo, as medidas necess谩rias est茫o sendo tomadas e ainda temos um arsenal de provid锚ncias que ser茫o adotadas quando necess谩rio鈥.

Segundo Dilma, o Brasil vai enfrentar a segunda onda da crise internacional com mais sabedoria e melhores instrumentos. A presidenta afirmou que, sistematicamente, ser茫o adotadas medidas para expandir o investimento p煤blico e estimular o investimento privado e o consumo das fam铆lias.

Ao participar da cerim么nia de comemora莽茫o do Dia Mundial do Meio Ambiente, no Pal谩cio do Planalto, Dilma afirmou ainda que a crise econ么mica internacional n茫o pode servir de pretexto para interromper a prote莽茫o ao meio ambiente. 鈥淣贸s sabemos que 茅 poss铆vel enfrentar essa crise e continuar defendendo o desenvolvimento sustent谩vel. A crise n茫o pode ser um argumento para que se interrompam as medidas de prote莽茫o ao meio ambiente, como n茫o pode ser um argumento para que se interrompam as pol铆ticas de inclus茫o social鈥.

Abertura
Na abertura do evento, os presentes puderam ouvir em primeira m茫o a m煤sica tema da Rio+20, 鈥淓u quero meu futuro鈥, tocada pela Camerata da Orquestra Sinf么nica do Teatro Nacional de Bras铆lia, regida pelo maestro Jo茫o Carlos Martins. Em um link direto com o Pal谩cio do Planalto, foi hasteada a bandeira nacional, ao som de 鈥淥 Guarani鈥, de Carlos Gomes, no Rio Centro. Estiveram no local diversas autoridades, entre ministros, senadores, deputados e prefeitos, o governador do Rio de Janeiro, S茅rgio Cabral, bem como o Secret谩rio-Geral da Rio+20 e Subsecret谩rio-Geral das Na莽玫es Unidas para Assuntos Econ么micos e Sociais, Sha Zukang, e o diretor do Programa das Na莽玫es Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Achim Steiner.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato