Últimas Notícias

Paraguai “libera geral” massacre aos dourados

Agora não existem mais impedimentos. A Secretaría del Medio Ambiente (Seam) do Paraguai passou a autorizar o transporte e o abate da espécie Salminus Maxilosus, o dourado, em todos os rios do país vizinho. A lei que determinava a proteção da espécie havia expirado no final de abril, mas todos os tipos de pescadores ainda não tinham autorização para a “matança”. A permissão foi divulgada nesse domingo, 3.

O abate do dourado nas águas paraguaias vai na contramão dos argentinos da Província de Corrientes, que são firmes em manter a proteção da espécie em função da vinda de turistas e da preservação do meio ambiente. Estimativas do governo local dão conta de que somente do Brasil pelo menos 70 mil pescadores viajam para as dezenas de cidades da região por ano.

A Pesca & Companhia apurou com empresários argentinos que existe o temor de que a matança no Paraguai possa afetar a pesca em Corrientes.  Ambos países compartem um trecho significativo do Rio Paraná até a confluência com o Rio Paraguai, em Paso de La Patria.

Outra região que pode ser afetada por essa medida do Paraguai é o Pantanal brasileiro, sobretudo Corumbá (MS), onde o dourado passou a ser protegido por lei a partir deste ano.

Na foto: fiscal da Polícia Ambiental paraguaia segura um dourado apreendido. Cena, no entanto, passará a ser “legal& #8221; a partir de agora.

http://revistapescaecompanhia.uol.com.br


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato