Últimas Notícias

Secas extremas podem causar extinção de peixes-boi na Amazônia

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá aponta que secas extremas na Amazônia podem representar uma ameaça séria à sobrevivência dos peixes-boi da região devido à diminuição de plantas aquáticas disponíveis para que esses animais herbívoros possam se alimentar.

Com isso, segundo moradores de áreas ribeirinhas consultados pela pesquisa, os peixes-boi acabam se alimentando do ‘lodo’ que fica depositado no fundo do rio, ingerindo, consequentemente, barro e pedras. Isso pode causar congestão no trato digestivo do animal, levando-o a óbito.

As conclusões foram feitas após necropsia de uma carcaça fresca do animal encontrada e estudada por pesquisadores do Instituto Manirauá em outubro de 2011 no Rio Solimões. A carcaça era de uma fêmea adulta e, no estômago dela, foi encontrado material argiloso escuro misturado com seixos de pequenos tamanhos. Além disso, no intestino também havia uma substância negra, acompanhada de parasitas intestinais.

O estudo foi apresentado no IX Seminário Anual de Pesquisa (SAP), realizado na sede do Instituto, em Teféx (distante 520km de Manausx), entre os dias 11 e 13 de julho.

Segundo o Instituto, os principais fatores para a morte de peixes-boi na Amazônia são a caça e a morte acidental em redes de pesca.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato