Últimas Notícias

Peixe considerado extinto volta a povoar águas do Rio Iguaçu, no PR

O surubim, maior peixe do Rio Iguaçu e que foi considerado extinto há algumas décadas, voltou a aparecer nas águas da região central do Paraná. Com pele fina, cinzento e aparência que lembra um bagre, ele chega a pesar 20 quilos quando adulto. Devido ao peso, acabou sumindo da água por ser muito cobiçado pela pesca predatória no rio.

Pesquisadores do Centro de Estudos de Peixes da Usina Hidrelétrica de Segredo encontraram alguns exemplares do peixe em áreas mais profundas, dentro do lago da usina. Esses exemplares foram transferidos para tanques, onde se reproduziram. “Com o trabalho, por exemplo, de captura dos peixes, no ambiente, criação nos tanque e reprodução assistida, a gente mantém a quantidade de peixe que tinha no ambiente, antes do evento da formação dos lagos e dos reservatórios para a geração de energia”, explica biólogo Luis Gustavo Ludwing.

Todos os anos, cerca de 300 mil peixes criados no Centro de Estudos são devolvidos ao rio. O trabalho dos pesquisadores busca criar um reequilíbrio ambiental nas áreas que sofreram com a criação dos lagos. Segundo Ludwing, restabelecer as espécies nativas no rio garante também melhoria na qualidade da água usada para abastecer a população. “Se você quebra esse equilíbrio, esse lodo, essa matéria orgânica que tem no fundo [da água], alteraria a qualidade da água”, diz.

http: //g1.globo.com


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato