Últimas Notícias

Governo vai construir novo mercado do peixe na Pajuçara

Foi uma espera que valeu à pena. Nesta terça-feira (4), às 9h, o governador Teotonio Vilela Filho lança a pedra fundamental para o início das obras de construção do Mercado do Peixe da Pajuçara. O prédio atual será demolido e em seu lugar será erguido um novo equipamento, com todas as condições que os pescadores precisam para trabalhar.

A obra está orçada em R$ 178.232,09, ficará a cargo da Construtora Terra Nordeste e o prazo de conclusão é de 90 dias. Os recursos são do Estado e a Prefeitura de Maceió é parceira.

A construção é resultado de um café comunitário que o governador participou com os pescadores em seu primeiro mandato. À época, eles solicitaram do chefe do Executivo a reforma da balança de peixe e a instalação de um Telecentro.

A obra do novo mercado será comandada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). Já à Secretaria de Articulação Social (Seas) coube o papel de facilitadora para agilizar a parte burocrática e garantir o início dos trabalhos o mais rápido possível.

“O atual mercado existe há mais de 40 anos e nunca foi sequer reformado. A maresia corroeu toda ferragem ao ponto de recentemente a grade que usamos para fechar o mercado cair e precisarmos colocar um fiscal no local para ninguém mexer nos equipamentos”, disse Aparecida da Silva, presidente licenciada da Colônia de Pesca Z-1, responsável pelo mercado.

Ela diz que para os pescadores essa obra é de grande importância porque vai propiciar condições de trabalho, e destaca que o local é também muito visitado por turistas. “As pessoas saem dos hotéis e vêm aqui conhecer nosso peixe, nosso camarão. Pescaria que muitos nunca viram”, fala.

A líder da Colônia de Pescadores Z-1 ressalta o compromisso e a concretização de uma promessa feita pelo governador Teotonio Vilela durante café da manhã com os pescadores durante seu primeiro mandato, na sede da colônia. “Pedimos a reforma da balança e ele está nos dando a construção. Até o momento não chegou nenhum governador para nos prometer algo e cumprir.

Esse é o primeiro. Todo mundo está muito feliz. É um sonho realizado. Para mim, este é não apenas um sonho realizado como uma missão cumprida. É o compromisso que assumi com os pescadores. Que minha missão só acabaria quando aquela balança estivesse concluída”, disse Aparecida da Silva.

Além da balança, no encontro que tiveram com Teotonio Vilela, os pescadores também solicitaram a instalação de um telecentro na sede da Colônia para a inclusão digital de seus filiados e foram atendidos. A Z-1 possui 1.200 filiados.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato