Últimas Notícias

Pesca do surubim está ameaçada no Maranhão

A pesca virou a principal atividade econ√īmica no povoado Paiol, no munic√≠pio de Vit√≥ria do Mearim, regi√£o norte do Maranh√£o. Neste per√≠odo do ano, o Rio Graja√ļ vira ponto de encontro de pescadores para a pescaria, principalmente, do peixe surubim.

O rio serve de fonte de sustento para os barqueiros, que fazem a travessia de pessoas e de motocicletas entre os povoados. As √°guas mais rasas s√£o tamb√©m o caminho mais curto entre o curral e a √°rea de pasto para o gado. √Č do Rio Graja√ļ, tamb√©m, que a comunidade tira o alimento. Mais de 30 fam√≠lias moram √† beira do rio.

A pesca do surubim √© intensificada entre julho e agosto. Nesse per√≠odo, todos os pescadores da regi√£o se encontram, em Paiol, para uma esp√©cie de festa da pescaria. E come√ßa bem cedo. As canoas se cruzam ao longo do rio, em mais de tr√™s quil√īmetros, at√© as proximidades do povoado vizinho Arato√≠.

Os mais velhos garantem que, h√° muitos anos, o povoado j√° virou refer√™ncia na pesca do surubim. A tradi√ß√£o √© passada de pai para filho. No local, todos s√£o pescadores ou, de alguma forma, depende da pescaria. Mas os moradores de Paiol j√° come√ßaram a notar que, hoje, j√° n√£o h√° mais peixe com tanta fartura no Rio Graja√ļ.

De acordo com os moradores da comunidade, a escassez, no rio, √© provocada por pescadores de outras regi√Ķes, que desrespeitam a lei do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renov√°veis (Ibama), que proibe a pesca no per√≠odo da piracema (quando os peixes sobem at√© as cabe√ßeiras dos rios para realizarem a desova e se reproduzirem).


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato