Últimas Notícias

Brigada Militar apreende redes de pesca e tarrafas ilegais no litoral norte do RS

Lançada há dois anos, a Operação Mar Seguro tem por objetivo garantir um veraneio seguro àqueles que resolvem ingressar nas águas do litoral e, principalmente, evitar os antigos conflitos entre surfistas, praticantes de outros esportes aquáticos e os pescadores profissionais e amadores.

Na manhã de sábado o Comando Ambiental da Brigada Militar iniciou uma varredura no litoral norte, desde o Município de Torres até Cidreira, quando foram apreendidos quase dois quilômetros de redes de pesca ilegal, além de 11 tarrafas que estavam sendo usadas por pescadores amadores, o que não é permitido.

Durante a varredura ainda foram encontrados vários animais mortos, que podem terem sidos capturados pelas redes e descartados. Dentre os animais encontrava-se a tartaruga marinha, que segundo o comandante do Comando Ambiental, coronel Ângelo Silva, ” corre risco de extinção e uma das ameaças mais intensas a sua vida são os petrechos de pesca, dentre os quais as redes de pesca, pois uma vez envoltos em suas malhas, elas não conseguem subir à superfície para respirar e acabam morrendo”.

Acentua ainda o comandante Ângelo que a ingestão de resíduos, o sufocamento por sacolas de plástico jogadas no mar e traumas provocados por embarcações” estão entre as principais causas de morte do animal. Desde o lançamento da Operação Mar Seguro não houve a ocorrência de nenhuma morte de surfista ou banhista motivada por redes de pesca.

http://www.diariodecanoas.com.br


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato