Últimas Notícias

Comando Ambiental faz Operação Varredura no litoral Norte do RS

Comando Ambiental faz Operação Varredura no litoral Norte O litoral Norte gaúcho tem uma rede de mais de 40 lagoas, algumas delas interligadas por canais que possibilitam a pesca e a navegação, além de proporcionar também uma riqueza imensurável em valores paisagísticos. Foi lá que, neste final de semana, o Comando Ambiental da Brigada Militar (BM) desenvolveu a Operação Varredura, visando coibir a pesca predatória.

Segundo o órgão ambiental da BM, há necessidade de que, com o processo de urbanização, acentuado durante os meses de verão, tenha-se educação ambiental para conviver com meio ambiente tão importante. Por isso, a Operação Golfinho da Brigada Militar tem fiscalizado de forma sistemática tais ambientes de modo a garantir a sustentabilidade nestes biomas.

Na área de lagoas e canais que margeiam o litoral gaúcho, o policiamento ambiental, por meio de fiscalizações, já realizou a apreensão de mais de oito quilômetros de redes de pesca e 21 tarrafas. O capitão Almeida, do Comando Ambiental, alerta que tal atividade é considerada predatória e ilícita. “Pescar em período proibido ou em lugares interditados pelos órgãos competentes é crime ambiental”.        

A beleza das lagoas e seus espelhos d’água, que antigamente faziam parte de sedes de fazendas e balneários para terapia, hoje são exploradas para a construção de condomínios e outras habitações, consequência do processo de urbanização, muitas vezes sem o devido planejamento, o que impacta o meio ambiente.

O comandante do Comando Ambiental, coronel Ângelo Silva, referindo-se à pesca ilegal que ocorre na região, ressalta que “a pesca predatória é a retirada dos ecossistemas aquáticos mais do que a natureza é capaz de repor, por isso impacta o meio ambiente, comprometendo a reprodução das espécies da fauna ictiológica”. “É importante que os cidadãos saibam que há períodos específicos para a pesca, bem como licenças de pesca, tanto para profissionais como para pescadores amadores“, aponta ele.

http://www.jornalagora.com.br


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato