Últimas Notícias

8 pessoas presas e 45 mil metros de rede apreendidos durante a piracema

Parte dos materiais apreendidos pela Pol√≠cia de Meio Ambiente (Foto: Michelly Oda / G1)H√° duas semanas para o fim da piracema, a Pol√≠cia Militar de Meio Ambiente divulgou um balan√ßo parcial de pris√Ķes e apreens√Ķes neste per√≠odo no Norte de Minas. Oito pessoas foram presas e mais de 45 mil metros de redes foram apreendidas. A proibi√ß√£o de pesca durante a piracema come√ßou em 1¬ļ de novembro de 2012 e vai at√© o dia 28 de fevereiro de 2013. Neste per√≠odo √© proibida a pesca para n√£o comprometer a reprodu√ß√£o das esp√©cies.

“A incid√™ncia maior de pesca ilegal √© nas cidades √†s margens do Rio S√£o Francisco, como Pirapora, Janu√°ria, Ibia√≠, S√£o Francisco, e tamb√©m nas lagoas marginais destes munic√≠pios”, explica o sargento da PM, Davi de Souza J√ļnior.

Piracema √© uma express√£o de origem tupi que significa “subida do peixe”. Durante o fen√īmeno os peixes buscam locais para desova e alimenta√ß√£o.

“A fiscaliza√ß√£o √© intensificada neste per√≠odo. Priorizamos os locais onde a pesca √© mais frequente, em cidades ribeirinhas, balne√°rios, lagoas. Embora as fiscaliza√ß√Ķes sejam constantes, as pessoas insistem em praticar a atividade ilegalmente”, explica Souza J√ļnior.

A pesca pode ser feita desde que sejam respeitadas algumas normas sem fins comerciais respeitando as espécies permitidas e a quantidade de três quilos de peixes.

Vanilson é pescador há 12 anos em Ibiaí (Foto: Michelly Oda / G1)

Vanilson Moreira é pescador profissional há 12 anos em Ibiaí. Na época da Piracema, ele recebe um seguro do governo na época em que a pesca com finaldiades comerciais fica proíbida. Ele diz que o valor pago, equivalente a um salário mínimo, deveria ser maior.

“O sal√°rio ajuda, mas d√° apenas para surprir as necessidades b√°sicas do pescador. Alguns aqui t√™m planta√ß√Ķes para complementar a renda, at√© que a pesca seja permitida novamente”, diz o pescador.

Os pescadores profissionais podem se cadastrar no ‚Äúseguro desemprego‚ÄĚ e receber um sal√°rio m√≠nimo por m√™s de proibi√ß√£o da pesca. Para ter acesso ao benef√≠cio, √© preciso ter o Registro Geral de Pesca e tamb√©m inscri√ß√£o no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Al√©m disso, n√£o √© permitido ter v√≠nculo empregat√≠cio ou outra fonte de renda.
Caso o período da piracema seja prorrogado, a parcela do seguro desemprego também é automaticamente ampliada.

Com a estiagem prolongada do ano passado e a falta de chuvas em 2013, os pescadores n√£o est√£o com boas expectativas para a atividade pesqueira.

“Por falta de chuvas e a degrada√ß√£o ambiental, a pesca tem enfraquecido. H√° 20 anos pesc√°vamos 100 quilos de peixe, hoje, para chegarmos a 10 precisamos pescar¬† √† noite e o dia todo”, conta o pescador Magno Silva.

Magno Silva diz que rio precisa ser repovoado e preservado (Foto: Michelly Oda / G1)

As espécies mais comuns encontradas na região são a curimba, caranha, dourado e piranha. Magno conta que já pescou um surubim de mais de 50 quilos, mas atualmente um peixe deste porte é difícil de ser encontrado.

“Precisa ser feito um trabalho de preserva√ß√£o do rio e recupera√ß√£o das esp√©cies, que leve em considera√ß√£o a opini√£o e experi√™ncia dos pescadores. Se dizem que a cultura popular deve ser preservada, a pesca artesanal faz parte dela e por isso tamb√©m tems eu valor.”

http://g1.globo.com


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato