Últimas Notícias

Maribus publica relat√≥rio sobre pesca “World Ocean Review 2”

world-ocean-reviewNo novo relat√≥rio publicado pela organiza√ß√£o sem fins lucrativos maribus gGmbH com o apoio da revista mare, do Instituto Oce√Ęnico Internacional (International Ocean Institute (IOI)) e do “Ozean der Zukunft” polo de excel√™ncia, os cientistas de Kiel apresentaram um dos estudos mais abrangentes do mundo da pesca em conjunto com especialistas l√≠deres mundiais da pesca.

Poderemos ainda comer peixe com a consci√™ncia limpa no futuro? Qu√£o grande √© a amea√ßa e quais esp√©cies de peixes s√£o afetadas? Quais s√£o as solu√ß√Ķes poss√≠veis, particularmente em n√≠vel europeu para a gest√£o sustent√°vel das principais esp√©cies de peixes comest√≠veis? E como pode a aquicultura ajudar a garantir o fornecimento de longo prazo de peixes comest√≠veis para a popula√ß√£o mundial?

Atualmente, mais de um quarto de todos os peixes comest√≠veis s√£o considerados sobre-explorados e mais 30 por cento s√£o considerados amea√ßados. A situa√ß√£o √© ainda mais dr√°stica na Europa, onde quase metade de todos os estoques est√£o amea√ßadas de sobrepesca. Desde 1950, a quantidade de peixes pescados anualmente quintuplicou para um valor atual de 78,9 milh√Ķes de toneladas de peixes e frutos do mar. A sobre-explora√ß√£o de peixes como um recurso n√£o s√≥ amea√ßa o abastecimento de alimentos para a crescente popula√ß√£o mundial, mas acima de tudo, representa uma amea√ßa para o equil√≠brio ecol√≥gico sens√≠vel dos oceanos.

“No “World Ocean Review 2″, apresentamos, pela primeira vez, as rela√ß√Ķes entre a pesca do mundo e as amea√ßas e as consequ√™ncias decorrentes de tais rela√ß√Ķes em toda a sua complexidade”, diz Nikolaus Gelpke, editor da mare e fundador da maribus gGmbH. “Ao fazer isso, n√£o estamos apenas soando o alarme, mas estamos tamb√©m propondo solu√ß√Ķes espec√≠ficas.” Gra√ßas a uma coopera√ß√£o construtiva entre cientistas e jornalistas da mare, o relat√≥rio √© de f√°cil compreens√£o e pode ser lido por qualquer pessoa: √© uma base de conhecimento para os pol√≠ticos e publicit√°rios que queiram aumentar a sua conscientiza√ß√£o sobre o problema.

world-ocean-review1O novo relat√≥rio fornece uma vis√£o abrangente da import√Ęncia do peixe como parte do ecossistema marinho, examina o peixe como fonte de alimento e sustento para centenas de milhares de pescadores e apresenta poss√≠veis solu√ß√Ķes em forma de planos de gest√£o em longo prazo e sustent√°veis. Outro cap√≠tulo √© dedicado √†s perspectivas da aquicultura, que j√° √© o setor de alimentos que mais cresce no mundo.

O relat√≥rio tamb√©m fornece consultoria em decis√Ķes sobre o que comprar no balc√£o de peixes: “Com o “World Ocean Review 2″, estamos elevando a conscientiza√ß√£o p√ļblica sobre a compra de peixes em uma base sustent√°vel”, diz o professor Martin Visbeck, porta-voz do “Ozean der Zukunft” polo de excel√™ncia, durante sua apresenta√ß√£o do WOR 2 em Hamburgo. Um dos maiores problemas de hoje, de acordo com Visbeck, √© que as esp√©cies de peixes individuais s√£o atualmente muitas vezes vistas de forma isolada, n√£o em termos de sua intera√ß√£o com outras esp√©cies e sua import√Ęncia para o ecossistema marinho geral. “Isso tem que mudar rapidamente e de forma fundamental”, diz Visbeck. “Existem hoje exemplos positivos em todo o mundo mostrando como as popula√ß√Ķes de peixes podem ser geridas de forma sustent√°vel, tanto do ponto de vista econ√īmico quanto social. Queremos divulgar estes exemplos no “World Ocean Review 2″.”

Histórico

A maribus gGmbH foi criada em 2008 pelo editor da mare Nikolaus Gelpke. √Č uma organiza√ß√£o sem fins lucrativos com o objetivo de sensibilizar a opini√£o p√ļblica sobre como todos os diversos aspectos do ambiente marinho est√£o interligados e ajudar a garantir a conserva√ß√£o marinha mais eficaz.

A primeira publica√ß√£o da maribus “World Ocean Review 1” (WOR 1), foi um relat√≥rio abrangente e √ļnico, ilustrando o estado dos oceanos do mundo e a intera√ß√£o entre o oceano e os aspectos ecol√≥gicos, econ√īmicos e sociopol√≠ticos. At√© o momento, cerca de 70.000 exemplares desta an√°lise geral em ingl√™s e alem√£o foram solicitados em todo o mundo.

A segunda publica√ß√£o da maribus, “Die Zukunft der Fische – die Fischerei der Zukunft” tamb√©m foi produzida em coopera√ß√£o com os parceiros do WOR. Eles t√™m um compromisso de longa data com os oceanos e trabalham no mais alto n√≠vel acad√™mico:

O Instituto Oce√Ęnico Internacional (IOI), criado por Elisabeth Mann-Borgese em 1972 O polo de excel√™ncia de Kiel “Ozean der Zukunft”, uma associa√ß√£o de mais de 250 cientistas de v√°rias disciplinas, com o apoio da Universidade Christian-Albrechts de Kiel, do GEOMAR Centro Helmholtz para a Pesquisa Oce√Ęnica (Helmholtz Centre for Ocean Research) de Kiel, do Instituto para a Economia Mundial (Institute for the World Economy (IfW)) e da Academia de Belas Artes e Design Muthesius (Muthesius Academy of Fine Arts and Design), com financiamento do governo federal e dos estados no √Ęmbito da iniciativa de excel√™ncia da Funda√ß√£o Alem√£ de Pesquisa (German Research Foundation (DFG)), e mare – a revista dos oceanos O “World Ocean Review” aparece em uma s√©rie de 60.000 exemplares (alem√£o/ingl√™s). A publica√ß√£o n√£o est√° √† venda, mas est√° dispon√≠vel gratuitamente. N√£o tem fins lucrativos. Ela pode ser obtida em http://www.worldoceanreview.com. Uma vers√£o em ingl√™s estar√° em breve dispon√≠vel al√©m da vers√£o alem√£. A publica√ß√£o completa ser√° exibida ao mesmo tempo na internet em http://www.worldoceanreview.com.

“World Ocean Review 2 – Die Zukunft der Fische, die Fischerei der Zukunft”, publicado pela maribus gGmbH, Hamburgo 2013, um livro de 148 p√°ginas com diversos gr√°ficos e fotografias.

Contato:maribus gGmbHStephanie HaackImprensa e Rela√ß√Ķes P√ļblicas Telefone: +49 40 368076-22 http://www.worldoceanreview.de http://www.mare.de http://http://www.ozean-der-zukunft.de


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato