Últimas Notícias

PMA autua em R$ 4,5 mil dois pescadores profissionais em MS

Policiais Militares Ambientais de Corumbá realizaram operação, desde o dia 27 de fevereiro até hoje, em intensificação da fiscalização no final da piracema e a abertura da pesca, nos rios Correntes, Piquiri, São Lourenço e Paraguai, descendo de Foram apreendidos 128 kg de pescado com os dois pescadores – Foto: 15ºBPMASonora (MS), na divisa com Mato Grosso até Corumbá e prenderam dois pescadores profissionais por pesca predatória. Eles foram abordados no sábado (2) pescando com petrechos proibidos (tarrafas) e ainda no entorno do Parque Nacional do Pantanal e da Reserva Particular do Patrimônio Nacional – RPPN, do Acurizal, que são áreas proibidas para a pesca. Os pescadores não estavam pescando juntos, porém, estavam na mesma área.

Com um pescador profissional de Corumbá, de 33 anos, foram apreendidos 48 kg de pescado da espécie pintado, barbado e cachara e duas caixas de isopor onde estava armazenado o pescado, uma lancha com um motor de centro e uma tarrafa utilizada na pescaria ilegal. Ele foi multado em R$ 2.150,00.

Com outro pescador profissional, residente em Ladário (MS), de 28 anos foram apreendidos 80 kg de pescado das espécies cachara e pintado e duas caixas de isopor onde estava armazenado o pescado, um motor de popa, um barco e uma tarrafa utilizada na pescaria ilegal. Ele foi multado em R$ 2.380,00.

Devido a distância, A PMA chegou à cidade de Corumbá há pouco e não foi mais possível a realização do auto de prisão em flagrante dos pescadores, porém, eles responderão pelo crime de pesca predatória. Se condenados pelo crime ambiental poderão pegar pena de um a três anos de detenção.

http://www.agorams.com.br


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato