Últimas Notícias

PMA retira 1,5 km de rede de pesca do Rio Paran√°

A Pol√≠cia Milita Ambiental (PMA) de Bataypor√£, munic√≠pio distante a 311 km de Campo Grande, retirou e apreendeu 1,5 km de rede de pesca ‚Äď petrecho proibido ‚Äď do Rio Paran√° nesta quarta-feira (27).

Os policiais da PMA mantêm fiscalização intensa nos lagos das usinas do Rio Paraná durante a Operação Semana Santa. Eles querem evitar a pesca predatória, especialmente, o uso de petrechos proibidos do tipo redes de pesca, pois, nos lagos é permitido o uso de redes para o pescador profissional, desde que identificadas e com malha de tamanho de 140 milímetros.

Entretanto, segundo a polícia, ocorre que muitos pescadores profissionais armam redes com malha menor à permitida e não identificam. Outro fato prejudicial aos cardumes de peixes é o pescador amador, que utiliza estes petrechos sem previsão legal, o que é caracterizado em crime ambiental.

A apreensão de 1,5 km de rede proibida de pesca aconteceu em uma missão no lago da Usina Sérgio Motta. Os policiais retiraram 17 redes de redes de pesca, que totalizaram 1,5 km. Todas elas eram feitas com malhas de tamanhos proibidos.

Diversos peixes que estavam vivos e presos √†s redes foram libertados pelos policiais. ‚ÄúEsta foi uma quantidade impressionante de material proibido, os quais t√™m grande capacidade de depreda√ß√£o de cardumes‚ÄĚ, diz o comunicado da PMA.

A pol√≠cia ainda informou que as apreens√Ķes destes petrechos t√™m sido comuns na regi√£o. Os propriet√°rios das redes n√£o foram identificados.

Como conclusão, a polícia diz que a manutenção da fiscalização e retirada destes petrechos precisam ser constantes, tendo em vista, a grande capacidade de captura e ocasionamento de mortes dos peixes, pois, os pescadores armam o material pela madrugada e conferem o local quando não há presença da fiscalização.

http://www.capitalnews.com.br


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato