Últimas Notícias

Governo cria lei que impõe ‘cota zero’ para transporte de pescados em GO

Governo cria lei que impõe 'cota zero' para transporte de pescados em GO O governo de Goiás sancionou uma lei que estabelece a cota zero para o transporte de peixes. A medida está em fase de regulamentação e durante três anos vai ajudar a preservar as mais diferentes espécies nos rios do estado. O objetivo é acabar com a pesca predatória e incentivar a pesca esportiva.

Com mais de 2 mil km da nascente à foz, o Rio Araguaia já foi considerado um dos melhores lugares do mundo para pescar, mas, segundo alguns pescadores, há algum tempo a situação tem se modificado. A nova legislação deve mudar a vida de pescadores e turistas da região. Se antes era permitido o transporte de até 5 kg de peixe por pescador, agora com a nova lei, apelidada de cota zero, está proibido levar qualquer quantidade de pescado para casa.

A medida divide opiniões entre os pescadores. O principal ponto é o item que diz que o peixe deve ser consumido no local da pescaria.

“A maioria dos pescadores vem para pescar o peixe e levá-lo para sua casa. Eu mesmo venho e quero comê-lo em casa e não no rio”, reclama o pescador Waldemiro Silvestre.

A Secretaria de Meio Ambiente do estado esclarece que o pescador artesanal não está sujeito à nova lei. “Ele vai continuar executando a atividade da mesma forma que hoje ele exerce, ou seja, a pesca é de subsistência, porém, o excesso de pescado poderá ser comercializado regionalmente”, esclarece o superintendente de fiscalização da Semarh, Luciano Moura.

Durante os próximos três anos, a medida vai ser alvo de estudo e, dependendo do resultado, pode ser prorrogada. “Se você não tiver ações que visem proteger, a tendência é diminuir e ficar em um estado pior do que o que já está”, diz o analista ambiental Kennedy Borges.

http://www.ocorreionews.com.br


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato