Últimas Notícias

Para benefício de 20 mil pescadores, Paraguai desiste de proteger o dourado

img-fim-da-preservacao-dourados-paraguaiA Câmara dos Deputados de Assunção, a capital do Paraguai, rechaçou nesta semana o projeto de lei de proibição da pesca do dourado nos rios do país por mais três anos. Ainda em abril de 2012 o período de proteção que durou cinco anos já havia acabado, mas poderia haver uma prorrogação. Os parlamentares alegam que pescadores profissionais vinham acumulando muitos prejuízos pelo excesso desta espécie nos rios.

Segundo informações da imprensa local, a Comissão de Ecologia e de Recursos Naturais e Ambiente, formada por deputados, entende que os dourados não correm risco de extinção, pelo contrário: seriam eles os responsáveis por exterminar cardumes de peixes forrageiros e de outras espécies de valor comercial.

“Não existe nenhum informe técnico da Secretaria do Meio Ambiente que justifique a proibição da pesca dourado”, argumenta o deputado do Partido Liberal, César Lopes.

O presidente da Confederação de Pescadores do Paraguai, Artemio López, comemorou a decisão. “O dourado representa uns 40 % do sustento desses trabalhadores”. São cerca de 20 mil pescadores cadastrados segundo ele.

Com isso, os pescadores profissionais seguem autorizados a pescar o dourado a fim de vendê-lo. Os amadores também podem levar os exemplares, desde que respeitem a cota local. No entanto, os turistas estrangeiros seguem proibidos de transportar qualquer cota de pescado para fora do Paraguai.

http://revistapescaecompanhia. uol.com.br


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato