Últimas Notícias

16 toneladas de pescado são apreendidos em Prainha, no Pará

pescado prainha (Foto: Divulgação/MPE)Dezeseis toneladas de pescado foram apreendidos em Prainha, no baixo amazonas paraense. Vinte e uma pessoas suspeitas de praticar a pesca de arrastão foram presas por crime ambiental. Dois barcos e e quatro redes de pesca de arrastão também foram apreendidos.

O balanço da operação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e das polícias Civil e Militar foi divulgado nesta segunda-feira (16).

Coordenada pelo Ministério Público do Estado (MPE), por meio do promotor de justiça Adleer Sirotheau, a operação foi articulada após denúncias feitas pela população de Prainha acerca da prática de possível crime ambiental de pesca de arrastão, realizadas por barcos pesqueiros chamados de geleiras, oriundos de cidades próximas a Belém e Manaus, e do próprio município. Segundo o MPE, a prática vinha prejudicando os pescadores artesanais do município e suas famílias.

As quatro redes de pesca de arrastão apreendidas estão avaliadas entre R$ 20 mil e R$30 mil cada uma. Os procedimentos policiais foram instaurados e o MP solicitou avaliação das 16 toneladas de pescado, que foi distribuído pela Secretaria do Meio Ambiente à população carente.

http://g1.globo.com


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato