Últimas Notícias

Operação Predador combate pesca predatória no Paraná

policia federalA Polícia Federal desencadeou na manhã desta quinta-feira (03/9), a OPERAÇÃO PREDADOR para desarticular grupo criminoso que praticava intensa pesca predatória no Rio Paranapanema, divisa entre os Estados do Paraná e São Paulo. A operação ocorreu nas imediações da Usina Hidrelétrica de Rosana, na região de Diamante do Norte/PR, bem como nas cidades de Arapongas/PR e Guaíra/PR.

Forem cumpridos 10 mandados de busca e apreensão, 7 de prisão temporária e 3 de condução coercitiva, além de arrecadação de material de pesca proibido, embarcações e documentos.

A pesca é criminosa e predatória uma vez que a Usina de Rosana não possui “escadas” para os cardumes subirem o rio chegando aos chamados pontos de desova, concentrando- se, instintivamente, nas barragens, em grande quantidade.

A Lei de Crimes Ambientais e normativas do IBAMA protegem o local, proibindo a pesca num limite de 1000 m da barragem. Mesmo assim, o grupo criminoso, durante as madrugadas, instalava redes na própria estrutura da Usina, retirando até 1 tonelada de pescado por noite.

Segundo investigações, em apenas 3 noites retirou-se quase 10 toneladas de peixes. Mesmo sem comprovação da origem os criminosos conseguiam vender o pescado para empresas em Arapongas/PR e Guaíra/PR.

A fiscalização e combate ao grupo era dificultada pela grande quantidade de “olheiros” e colaboradores na região. A operação contou com o apoio do Instituto Ambiental do Paraná – IAP.

http: //www.dpf.gov.br


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato