Últimas Notícias

Dez mil peixes são soltos no Rio São Francisco em Iguatama-MG

Dez mil peixes são soltos no Rio São Francisco em Iguatama (Foto: Reprodução/TV Integração)Com o objetivo de aumentar o povoamento e conservar o sustento dos pescadores, dez mil peixes foram soltos, nesta quarta-feira (13), durante uma ação ambiental no Rio São Francisco, em Iguatama. Os peixes são da espécie curimatã pacu e saíram da estação de piscicultura de Três Marias.

“Nós temos 75 pescadores cadastrados no município e eles vivem da pesca, exclusivamente. Então, eles nos pediram esse peixamento para nós repovoarmos o rio para que não percam o sustento deles”, afirmou a secretaria de Meio Ambiente, Luiza Augusta Garcia Leão.

Para realizar o trabalho, que contou com a ajuda dos moradores, foram usadas três canoas. Antes de serem soltos, os peixes foram habituados ao clima da água, que é um dos cuidados para conservar a espécie. “A partir do momento que você constrói uma barragem, esses peixes não tem mais como se reproduzirem. Então o estoque pesqueiro dessas barragens tende a diminuir. O trabalho é fazer a soltura desses peixes para que faça parte da pesca artesanal e a pesca comercial da região”, explicou o engenheiro de pesca, Kleber Biana Santiago.

A ação foi realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceria com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). “Agora, com o peixamento, vai melhorar mais a produção de vida ambiental”, disse a dona de casa, Juliana Rocha da Silva.

O Rio São Francisco tem aproximadamente 2,7 km de extensão e passa por cinco estados brasileiros. A cidade de Iguatama, que é a primeira a ser banhada por ele, tem cerca de 300 famílias que sobrevivem da pesca. “Todos nós empenhamos e conseguimos trazer esse peixamento”, contou o pescador Geraldo Pereira da Costa.

http://g1.globo.com


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato