Últimas Notícias

Japão deverá contestar nova lei de pesca no Mar do Sul da China

Japão contesta nova lei de pesca no mar do sul da China (Foto Divulgação: Arquivo)Para Tóquio, a medida, que entrou em vigor a 01 de janeiro e foi aprovada na província de Hainão, procura modificar o equilíbrio regional.

As Filipinas, Taiwan e o Vietname consideram que a lei reforça as reivindicações de soberania da China sobre arquipélagos disputados com outros países.

A contestação por parte do Japão foi revelada pela agência Kyodo que cita fontes governamentais e está baseada na convicção de que a norma modifica de maneira unilateral o ‘status quo’ naquela zona da Ásia.

As autoridades chinesas reclamam a soberania da maior parte dos ilhotes em disputa no Mar do Sul da China, mantendo diferendos territoriais com o Brunei, Filipinas, Taiwan e Vietname que defendem estarem esses territórios nas suas águas.

O Japão pretende criar pressão internacional contra a lei chinesa devido à crescente pujança da China na Ásia Oriental.

Entre Tóquio e Pequim, o grande diferendo está centrado nas ilhas Diaoyu, para a China, ou Senkaku, para o Japão, um pequeno arquipélago controlado pelos japoneses e que é alvo de disputa entre os dois países com os especialistas a considerarem que possui importantes reservas de petróleo e gás natural, essencial ao desenvolvimento de ambos os países.

Em 23 de novembro, Pequim criou a nova zona de Defesa e Identificação Aérea numa zona de mar que inclui as ilhas disputadas com o Japão, o que fez subir, novamente, as tensões regionais.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato