Últimas Notícias

Sem limite para pescar – Projeto Pesca Adaptada

Estev√£o Dalonso exibe um lambari fisgado no fly Para muitos de n√≥s, pesca esportiva √©, al√©m de uma atividade prazerosa, um exerc√≠cio de relaxamento e intera√ß√£o com a natureza. H√° quem diga, por√©m, que pescar e soltar o peixe n√£o tem a menor gra√ßa. Digo-lhes que mais vale praticar um ato de consci√™ncia que um ato impulsivo para satisfazer o ego. H√° ainda quem pense que pescaria √© s√≥ para farrear; a esse pessoal, digo que quando encontrarem uma atividade que realmente lhes complete, a√≠ ent√£o entender√£o o significado de tudo. E aos que se rendem ao comodismo e pensam que tudo √© complicado, que h√° dificuldades em aprender e que suas limita√ß√Ķes n√£o lhes permitem praticar uma atividade f√≠sica, a esses convido conhecerem Estev√£o Dalonso.

Residente em Joinville e tendo a companhia constante de uma cadeira de rodas desde os 22 anos, Estevão (hoje com 37 anos) vive no dia a dia a dura realidade imposta pela má acessibilidade de nossas ruas, transportes e estabelecimentos em geral. O panorama infelizmente não é melhor quando ele sai da cidade para praticar sua atividade-paixão, a pesca esportiva.

Estevão Dalonso trocando sua isca durante a pescariaA falta de infraestrutura é generalizada: não se veem pesqueiros, hotéis, pousadas e barcos-hotel preparados para o atendimento a cadeirantes. Calçamento adequado para percorrer um lago, rampas com inclinação correta e banheiros adaptados já seriam bons pontos para começar. Porém, o que há são buracos, escadas e barrancos, verdadeiros abismos para uma pessoa que tem mobilidade reduzida.

Como n√£o depender da boa vontade de governantes e empreendedores significa esperar demais, a solu√ß√£o para pescar √© adaptar a log√≠stica e contar com a ajuda de um ‚Äúguia‚ÄĚ que ajude a proporcionar uma pescaria confort√°vel e segura. Amante e praticante ass√≠duo do fly, Estev√£o usa a propriedade da fam√≠lia para seus treinamentos, j√° que em sua regi√£o h√° poucos locais que lhe permitem realizar seus arremessos e acessar rios e lagoas.
Professores da modalidade como os amigos Betinho Oliveira, Gerson Kavamoto, Kid Ocelos e Rubinho de Almeida Prado j√° mostraram em diversas oportunidades ‚Äď seja em revistas, TV ou feiras de pesca ‚Äď que o molejo de tronco √© fundamental na modalidade. Apesar de ficar evidente que a paralisia atrapalhar√° bastante algu√©m em sua condi√ß√£o, ao ver Estev√£o praticar seus arremessos entendemos como a for√ßa da supera√ß√£o torna tudo poss√≠vel.

Sem luta, n√£o
Após ficar paraplégico em 1999 em consequência de um acidente ocorrido no retorno de uma pescaria no Mato Grosso, Estevão fez parte de uma série de projetos de inclusão e adaptação para pessoas com deficiência, além de ter participado nos Jogos Pan-Americanos de 2007 como colaborador e até hoje ministrar palestras sobre o tema em escolas e empresas.

Estev√£o Dalonso preparando o arremesso durante a pescariaDurante algum tempo, como ele diz, a sensa√ß√£o era de ter perdido seu pr√≥prio eu. Por√©m, Dalonso lutou contra as novas barreiras descobertas, do preconceito √†s condi√ß√Ķes prec√°rias de acessibilidade nos lugares comuns √†s outras pessoas. ‚ÄúVi que tinha de buscar for√ßas e, mesmo com algumas derrotas, continuei almejando a vit√≥ria. Descobri que essa luta n√£o era s√≥ minha, mas de outros que enfrentavam problemas iguais aos meus, mas que, talvez por comodidade, desistiram de lutar‚ÄĚ, diz, referindo-se a pessoas em situa√ß√£o semelhante que se entregam √† defici√™ncia e parecem parar no tempo.

O objetivo de Estev√£o √© mostrar para as pessoas com defici√™ncia que √© poss√≠vel exercer uma atividade, seja ela qual for. A pesca √© seu exemplo pessoal de uma alternativa que re√ļne atividade f√≠sica e mental que, em contato √≠ntimo com a natureza, tem um poderoso poder terap√™utico e transformador. Ao inv√©s de ‚Äúficar sentado‚ÄĚ esperando, seu conselho √© simples e objetivo: monte seu equipamento, adapte-se, aprenda, pe√ßa ajuda se necess√°rio. Mas n√£o fique parado. E pratique pesca esportiva!

Mais sobre Estev√£o Dalonso em
www.facebook.com/estevao.dalonso

Por Wellerson Santana РMatéria publicada na edição 192 da Revista Pesca Esportiva


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato