Últimas Notícias

Chile quer que a classe C Brasileira consuma mais Salm√£o

Chile pretende inserir salmao na mesa da classe CAs exporta√ß√Ķes do Chile para o Brasil somaram US$ 4,427 bilh√Ķes no ano passado. Apesar do expressivo aumento de 55% nos embarques de salm√£o, o cobre representou mais da metade (53%) do que foi exportado.

Para reduzir a depend√™ncia do metal, o ProChile (programa de promo√ß√£o das exporta√ß√Ķes de bens e servi√ßos chilenos) mira a classe C do Brasil, que j√° √© o terceiro maior parceiro comercial do Chile, atr√°s dos Estados Unidos e do Jap√£o.

“Queremos crescer com os alimentos chilenos em outros Estados [al√©m de S√£o Paulo] e bater √† porta da classe C”, afirma Oscar P√°ez, diretor comercial do ProChile.

Para aumentar a presença dos alimentos chilenos em novos mercados e classes de consumo, a estratégia é difundir os atributos desses produtos nos pontos de venda, falando diretamente com o consumidor.

“Queremos mostrar √† dona de casa da classe C, que tem cada vez menos tempo para cozinhar, que √© poss√≠vel preparar um jantar delicioso e saud√°vel com o salm√£o chileno em apenas 12 minutos” , diz P√°ez.

Além do salmão, são foco da divulgação do Chile no Brasil o vinho, as frutas, o mexilhão e o azeite de oliva.

Mais Salmon Chileno na mesa do BrasileiroEste √ļltimo √© destaque na Apas (Associa√ß√£o Paulista de Supermercados), feira do varejo de alimenta√ß√£o que ocorre nesta semana na cidade de S√£o Paulo.

Atualmente, o Chile j√° √© o maior fornecedor de vinho e salm√£o para o Brasil. No mercado de azeites, √© o quinto maior vendedor para o pa√≠s. Assim como o Brasil √© um bom mercado para o Chile, as importa√ß√Ķes do pa√≠s andino tamb√©m pesam na balan√ßa comercial brasileira.

As exporta√ß√Ķes brasileiras para o Chile somaram US$ 1 bilh√£o no primeiro trimestre deste ano. Um dos destaques nessa rela√ß√£o comercial √© o setor de agroneg√≥cio, principalmente com as vendas de carnes, leite e a√ß√ļcar.

No ano passado, as vendas brasileiras de carne bovina somaram 73,4 mil toneladas, de um total de 149,9 mil importadas pelos chilenos. O Brasil foi no ano passado, e ainda se mantém neste ano, o principal fornecedor de carne bovina para o Chile.

As exporta√ß√Ķes dos tr√™s primeiros meses somam 15 mil toneladas, segundo o Minist√©rio de Agricultura do pa√≠s andino. O volume deste ano, no entanto, √© 18% inferior ao de igual per√≠odo de 2013.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato