Últimas Notícias

Mais de 300 policiais v√£o fiscalizar os rios durante Piracema no MS

PMA-MS em fiscalizacao 3Começou a meia noite de hoje (4), e se estende até 28 de fevereiro de 2015, a Piracema, período em que a pesca é proibida nos rios de Mato Grosso do Sul. Mais de 330 homens, de 18 municípios, vão fiscalizar os rios que cortam Mato Grosso do Sul, durante a operação da PMA (Polícia Militar Ambiental).

Dez postos de monitoramento foram montados nos rios, cachoeiras e corredeiras de oito munic√≠pios estrat√©gicos do Estado -√Āgua Clara, Rochedo, Santa Rita do Rio Pardo, Aquidauana, Coxim, Miranda, Jate√≠ e Amamba√≠. No ano passado, 1.086 quilos de pescado irregular foram apreendidos durante a opera√ß√£o da PMA.

Uma lancha de grande porte, que funciona como posto itinerante e foi adquirida em parceria com o Ministério da Pesca, estará em funcionamento pela segunda vez. Equipes vão se revezar a cada sete dias para a fiscalização preventiva e repressiva da atividade predatória.

PMA-MS em fiscalizacao 2Para a a√ß√£o nos corixos, vazantes, ba√≠as pantaneiras e pequenos rios afluentes, pequenas embarca√ß√Ķes ser√£o engatadas na lancha para que a fiscaliza√ß√£o seja efetiva. Essa estrat√©gia ser√° usada, em especial, no Pantanal do Nabileque, onde existem muitas den√ļncias de pesca predat√≥ria realizada por paraguaios.

A lancha é equipada com cozinha, micro-ondas, alojamento com ar condicionado, sala de estar e possui ainda radar e sonar, tecnologia que facilita a localização dos cardumes e monitoram sua subida. O uso da embarcação será fundamental para a conservação dos estoques pesqueiros das áreas fronteiriças e do Pantanal.

De acordo com a PMA, o combate à pesca nas áreas de fronteira é trabalhoso, já que os países Paraguai e Bolívia não exercem fiscalização efetiva e adequada em seus territórios, apesar de ter legislação semelhante a nossa.

Além dos Rios Paraguai e Apa, a divisa com Mato Grosso, no Rio São Lourenço e Piquiri, com atenção especial para o entorno do Parque Nacional do Pantanal, serão fiscalizados .

Período- A Piracema é período reprodutivo da maioria das espécies de peixes das duas bacias do Estado, Paraná e Paraguai. Na Bacia do rio Paraguai será permitida somente a pesca de subsistência para o morador ribeirinho. Para estes casos, é permitido capturar até 3 quilos, ou um exemplar de pescado, que não poderá ser comercializado.

PMA-MS recilhe rede de pesca durante fiscalizacaoJ√° na Bacia do Rio Paran√°, nos rios Paran√° e Parana√≠ba, a Piracema come√ßou no dia 1¬ļ de novembro, com a mesma data de t√©rmino. Somente nos lagos das Usinas do Rio Paran√° fica permitida a pesca de 10 quilos de pescado e mais um exemplar de peixes n√£o nativos da bacia e ex√≥ticos como tucunar√©, curvina, porquinho, til√°pia, entre outros.

Para o pescador profissional n√£o h√° limite de cota para a captura das mesmas esp√©cies, por√©m, n√£o se podem utilizar petrechos, somente, molinetes, linhadas, cani√ßos simples e carretilhas. O pescador deve respeitar 1.500 metros de dist√Ęncia das barragens das usinas. Nesses locais e para essas esp√©cies ser√° permitida a pesca embarcada ou desembarcada.

Postos de fiscalização:

  1. Cachoeira Branca (Rio Verde) ‚Äď √Āgua Clara.
  2. Cachoeira do Sossego (Rio Aquidauana) ‚Äď Rochedo.
  3. Cachoeira do Rio Anhandu√≠ ‚Äď Santa Rita do Pardo.
  4. Cachoeira do Serrano (Rio Aquidauana) ‚Äď Aquidauana.
  5. Cachoeira das Palmeiras (Rio Taquari) ‚Äď Coxim.
  6. Barra do rio Aquidauana com o Miranda РMunicípio de Miranda.
  7. Parque Estadual V√°rzeas do Ivinhema ‚Äď Parque ‚Äď Jate√≠.
  8. Cachoeira do Salto Pirap√≥ ‚Äď Rio Amambai ‚Äď (Amambai).
  9. Rio Aquidauana- Cachoeira Piraputanga
  10. Rio Aquidauana- cachoeira do Morcego- Camis√£o

Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato