Últimas Notícias

Marinha realiza fiscalização de embarcações em todo o país

marinha do brasilA Marinha do Brasil está realizando esta semana a segunda edição da Operação “Amazônia Azul”. A missão é intensificar a fiscalização do cumprimento de leis e reprimir ilícitos em águas jurisdicionais brasileiras.

A operação reúne em todo o País, cerca de 15 mil militares, 50 navios, 10 aeronaves e 200 embarcações da Capitania dos Portos, além disso, conta com o apoio da Policia Federal, Policia Militar Ambiental, Ibama, Defensoria Pública, Iagro, Tribunal de Justiça de MS, Ministério Público Estadual, três adestradores e um cão farejador da Força Nacional de Segurança de Ponta Porã, além de oficiais da Marinha da Bolívia e do Paraguai.

“Estamos intensificando a fiscalização tanto de ilícitos como o cumprimento da legislação para melhorarmos o tráfego aquaviário. O objetivo não é reprimir, mas orientar. Logicamente que em algumas situações tem que ser repressiva porque aqueles que comentem algum tipo de ilícito têm que ser notificados”.

A operação Amazônia Azul teve início na segunda-feira (02) e vai até 07 de março. A marinha acredita que vai haver uma melhora em relação ha 2014, por isso a operação teve inicio antes e a fiscalização não foi divulgada para que não fosse comprometida.

Para o Ibama, a operação veio na hora certa, pois com o início da temporada de pesca, muitas atividades ilegais podem ser coibidas e o desempenho do órgão melhora com a ajuda não só da Marinha. A operação veio num momento positivo porque ela coincidiu com a abertura da pesca e essa integração dos órgãos de segurança pública com as forças armadas, proporciona um melhor desempenho das nossas funções na área da fiscalização”, frisou Gilberto Costa, chefe do órgão na cidade de Corumba-MS.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato