Últimas Notícias

Pesquisa mostra que 23% dos rios Brasileiros têm água ruim ou péssima

Rio ParaguaiAn√°lise do grau de polui√ß√£o de 111 rios brasileiros, divulgada hoje (18) pela organiza√ß√£o n√£o governamental (ONG) SOS Mata Atl√Ęntica, revela que 23,3% das √°guas s√£o de qualidade ruim ou p√©ssima. De acordo com a legisla√ß√£o brasileira, as √°guas nessa situa√ß√£o n√£o podem sequer receber tratamento para consumo humano ou ser usadas para irriga√ß√£o de lavouras.

Os pesquisadores coletaram água em 301 pontos de rios e mananciais do Rio de Janeiro, de São Paulo, Brasília, Santa Catarina, Minas Gerais, do Rio Grande do Sul e Distrito Federal, entre março de 2014 e fevereiro de 2015.

De acordo com a pesquisa, em 21,6% dos pontos de coleta, a √°gua foi considerada ruim e, em 1,7%, p√©ssima. Em 186 pontos (61,8%), os pesquisadores encontraram √°gua considerada regular e 45 pontos (15%) mostraram boa qualidade. Nenhum dos rios analisados tem √°gua totalmente limpa, segundo o levantamento. A classifica√ß√£o tem como base par√Ęmetros do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

Em S√£o Paulo, o n√ļmero de pontos de coleta com qualidade ruim ou p√©ssima caiu de 74,9% para 44,3% na compara√ß√£o com o levantamento anterior, feito entre mar√ßo de 2013 e fevereiro de 2014. No mesmo per√≠odo, o percentual de amostras com qualidade regular ou boa subiu de 25% para 55,4%.

Estiagem prejudica piracema no interior de SP - Imagem G1.com 2A coordenadora da Rede das √Āguas da SOS Mata Atl√Ęntica, Malu Ribeiro, explica que a seca no estado diminuiu o escoamento para os rios, o que protegeu os cursos d’√°gua da polui√ß√£o. ‚ÄúCom a seca, os pontos monitorados deixaram de receber res√≠duos s√≥lidos ou lixo, sedimentos com solos contaminados, fuligem de ve√≠culos e materiais particulados‚ÄĚ, disse.

No Rio de Janeiro, no entanto, a qualidade da água piorou em 2014/2015. O percentual de pontos com água de qualidade ruim subiu de 40% para 66,7% na comparação com o levantamento anterior.

A SOS Mata Atl√Ęntica atribui a polui√ß√£o dos rios √† falta de investimento em saneamento e tratamento de √°gua, ao desmatamento e √† perda da mata ciliar ‚Äď vegeta√ß√£o nas margens de rios ‚Äď desses cursos d’√°gua. Para Malu, a qualidade das √°guas est√° diretamente ligada √† crise h√≠drica que atinge diversas regi√Ķes do pa√≠s. ‚ÄúO problema n√£o √© falta de chuva, √© que as √°guas que existem est√£o polu√≠das‚ÄĚ, destacou.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato