Últimas Notícias

Pesquisadores avaliam biodiversidade de peixes amaz√īnicos

Pesquisa de biodiversidade de peixes na Amazonia 02O Instituto Mamirau√°, em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conserva√ß√£o da Biodiversidade (ICMBio) iniciou uma pesquisa para realizar o levantamento da biodiversidade de peixes na Esta√ß√£o Ecol√≥gica (Esec) Juta√≠-Solim√Ķes e Reserva Extrativista (Resex) do Rio Juta√≠, oeste do estado do Amazonas.

Conhecida mundialmente por sua extensa rede h√≠drica, a bacia Amaz√īnica ocupa uma √°rea total de 6.110.000 km¬≤, sendo 63% situada em territ√≥rio brasileiro, de acordo com a Ag√™ncia Nacional da √Āguas (ANA).

Cerca de 21% das esp√©cies de peixes de √°gua doce conhecidas no mundo est√° no Brasil, de acordo com o “Cat√°logo das esp√©cies de peixes de √°gua doce do Brasil“, publicado pelo Museu Nacional.

E o n√ļmero estimado para a regi√£o Amaz√īnica √© de at√© cinco mil esp√©cies, de acordo com o livro “Estudos ecol√≥gicos de comunidades de peixes tropicais”, publicado pela Editora da Universidade de S√£o Paulo (USP).

Al√©m da not√≥ria diversidade de peixes encontrada na Amaz√īnia brasileira, acredita-se que haja grande quantidade de esp√©cies ainda desconhecidas, devido √† grande extens√£o, √† ampla √°rea coberta pela floreta e √†s dificuldades de acesso e log√≠stica para realiza√ß√£o de pesquisas na regi√£o.

Invent√°rios locais

De acordo com a pesquisadora do Instituto Mamirau√°, Danielle Pedrociane, os invent√°rios de ictiofauna da regi√£o do m√©dio Solim√Ķes se det√™m praticamente √† regi√£o da cidade de Tef√© e em lagos de v√°rzea entre os munic√≠pios de Coari e Manaus.

‚ÄúA oportunidade de pesquisar nesta √°rea √© um privil√©gio. Poder expandir os estudos para outros locais nos permitir√° dar informa√ß√Ķes √† comunidade local e cient√≠fica. Conhecer o recurso que poder√° ser utilizado pelas popula√ß√Ķes tradicionais, melhorando a sua renda e qualidade de vida. Tudo isso nos permitir√° escolher o melhor caminho para buscar medidas de prote√ß√£o, conserva√ß√£o e uso sustent√°vel dos recursos naturais para esta e futuras gera√ß√Ķes na Amaz√īnia‚ÄĚ, refor√ßou a pesquisadora.

Manejo e conservação

Pesquisa de biodiversidade de peixes na Amazonia 03As informa√ß√Ķes geradas pelo estudo podem contribuir para revis√£o do plano de manejo da Resex. De acordo com Marcelo Vieira, gestor da Reserva pelo ICMBio, o plano contribui para orientar a gest√£o dos recursos naturais pelos comunit√°rios, por se tratar de uma reserva extrativista.

‚ÄúA gest√£o dos recursos deve acontecer de forma sustent√°vel. Hoje, a Resex tem 24 comunidades, com cerca de 180 fam√≠lias vivendo ali, que precisam desses recursos. O relat√≥rio faun√≠stico √© importante, pois √© o primeiro passo para qualquer a√ß√£o em rela√ß√£o ao manejo‚ÄĚ, refor√ßou.

Jonas Oliveira, técnico de pesquisa do Instituto Mamirauá, apontou que outro foco importante do estudo é identificar possíveis espécies que ocorrem na região e possuem potencial para o manejo de peixes ornamentais.

O que poderia se configurar como mais uma atividade para gera√ß√£o de renda para as popula√ß√Ķes residentes na Resex. ‚ÄúFicamos muito interessados no tipo de ambiente que tem ali. √Č uma √°rea onde nunca foi feito esse tipo de levantamento, e temos encontrado muitas esp√©cies diferentes‚ÄĚ, comentou.

O conhecimento da diversidade biológica de água doce e o entendimento da distribuição dessas espécies são estágios importantes para sua conservação.

Pesquisa de biodiversidade de peixes na Amazonia 01O estudo da biodiversidade de peixes nessas duas unidades de conserva√ß√£o, al√©m de gerar conhecimento cient√≠fico sobre a regi√£o, pode responder a quest√Ķes ecol√≥gicas relevantes, podendo ser considerados indicadores de qualidade do ecossistema.

‚ÄúAlgumas esp√©cies de peixes podem ser consideradas bioindicadoras, a presen√ßa, aus√™ncia e abund√Ęncia podem indicar o estado atual do ambiente. Por exemplo, inunda√ß√£o de √°reas para represamento da √°gua, desvio do curso do rio, minera√ß√£o e o desmatamento modificam toda a estrutura das comunidades de peixes. E o resultado de qualquer modifica√ß√£o poder√° levar a uma redu√ß√£o acentuada na biodiversidade‚ÄĚ, refor√ßou a pesquisadora.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato