Últimas Notícias

Barco de deputado do ES é lacrado por pesca ilegal de camarão

Barco de deputado do ES apreendido por pesca ilegal de camaraoUm barco de pesca industrial que pertence ao deputado estadual Hudson Leal (PRP) foi lacrado na manhã desta segunda-feira (27), no terminal pesqueiro de Enseada do Suá, em Vitória. A ação foi realizada pela Superintendência da Pesca e Ibama durante uma operação de combate à pesca ilegal de camarão.

De acordo com os órgãos, os fiscais encontraram materiais de pesca e camarão da espécie rosa. Tudo foi apreendido. Nesta época do ano, diversas espécies do crustáceo estão em período de defeso no estado, quando a captura fica proibida.

O responsável pelo setor de fiscalização do Ibama, Givanildo Lima, disse que assim que ficou sabendo da operação o deputado Hudson procurou o órgão para informar que a embarcação havia sido retirado do cais sem sua autorização.

Ainda segundo Givanildo, ela n√£o deveria ter deixado o local onde estava atracado. ‚ÄúEssa embarca√ß√£o tem licen√ßa apenas para pescar camar√£o. No per√≠odo de defeso, n√£o podia nem ter sa√≠do do terminal‚ÄĚ, alerta Givanildo.

O barco foi lacrado por tempo indeterminado pelos órgãos competentes e foi aplicada uma multa de cerca de R$ 7 mil. A embarcação tem capacidade para armazenar cerca de uma tonelada de camarão e autonomia para ficar em alto-mar por mais de 10 dias.

Deputado se defende
O deputado Hudson Leal confirmou ser o propriet√°rio, mas disse que n√£o pode responder por esses atos porque a embarca√ß√£o est√° alugada. “Este barco foi arrendado desde janeiro at√© o dia 30 de junho. Eu tenho quatro embarca√ß√Ķes arrendadas por pessoas diferentes”, contou.

De acordo com ele, um de seus funcion√°rios que sentiu falta do do barco, na √ļltima ter√ßa-feira (21). “Eu mesmo fiz uma den√ļncia de furto, fiz um boletim de ocorr√™ncia na Pol√≠cia Civil e comuniquei ao Ibama e √† Marinha”, explicou.
Hudson ainda disse que chegou a entrar em contato com a pessoa cuida da embarcação para o seu atual responsável. Questionado sobre a localização, o funcionário disse que foi ao Sul do estado para acertar a madeira do casco.

O deputado disse ainda que a responsabilidade sobre esses atos n√£o devem ser colocados sobre ele, e cobrou uma puni√ß√£o para os respons√°veis. “Espero que ele pague a multa e responda criminalmente”, concluiu.

Porém a Superintendência Federal de Pesca e Aquicultura no estado informou que a licença da embarcação ainda se encontra em nome do deputado Hudson. O órgão ainda esclareceu que em casos de arrendamento, o proprietário deve comunicar a alteração.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato