Últimas Notícias

Ministérios da Pesca e do Turismo vão apoiar destinos da pesca esportiva

Torneio de pescaOs minist√©rios da Pesca e Aquicultura (MPA) e do Turismo v√£o realizar um plano de a√ß√Ķes para promover e estruturar os destinos da pesca amadora e esportiva.

Em parceria com a Associa√ß√£o Nacional de Ecologia e Pesca Esportiva (Anepe), os √≥rg√£os v√£o promover o Campeonato Brasileiro e Copa do Mundo de Pesca Esportiva, ambas as competi√ß√Ķes s√£o in√©ditas no Brasil.

Um dos desafios para o ministério da pesca, é resolver os conflitos com a pesca profissional.

O Acordo de Coopera√ß√£o celebrado entre as pastas estabelece rela√ß√Ķes entre os minist√©rios, com vistas √† implementa√ß√£o de a√ß√Ķes conjuntas para fortalecer a rela√ß√£o entre as atividades de pesca e aquicultura e o turismo no Brasil.

A execução de um Plano de Ação cria incentivos e fortalece a atividade e a cadeia da pesca amadora. Visa também, promover a valorização dos produtos aquícolas e pesqueiros além de fomentar o consumo do pescado brasileiro.

O termo de coopera√ß√£o entre os minist√©rios √© norteado por eixos tem√°ticos, que comp√Ķe as a√ß√Ķes executivas para alcance dos resultados que culminar√£o para o desenvolvimento da atividade e o turismo de pesca nacional.

Para que tudo se encaminhe conforme o planejado, foram elaborados eixos temáticos propostos pelo Plano de Ação de Pesca Amadora/Esportiva:

  1. Fortalecer o segmento de turismo de pesca.
  2. Identificar e propor estratégias para o desenvolvimento de destinos e roteiros turísticos relacionadas ao turismo de pesca.
  3. Avaliar os conflitos decorrentes da pesca profissional e da pesca amadora que impactem na atividade turística.
  4. Conhecer o perfil dos turistas nacionais e internacionais que visitam o País tendo como motivação o turismo de pesca, bem assim as principais características da viagem.
  5. Conhecer a oferta turística brasileira relacionada ao turismo de pesca.
  6. Participar, divulgar ou realizar eventos relacionados ao segmento de turismo de pesca.
  7. Promover a articula√ß√£o junto √†s inst√Ęncias governamentais e n√£o-governamentais dos setores do turismo e da pesca amadora.
  8. Fornecer informa√ß√Ķes estrat√©gicas para o processo de planejamento tur√≠stico dos estados e munic√≠pios.

Segundo o Minist√©rio do Turismo, o Brasil, apesar de contar com mais de um milh√£o de adeptos e ter realizado 140 torneios no √ļltimo ano, ainda n√£o conhece o impacto desse esporte na economia.

Vele lembrar que existem in√ļmeros campeonatos de pesca em diversas regi√Ķes do pa√≠s realizados de forma independente que n√£o fazem parte das estat√≠sticas do minist√©rio do turismo.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato