Últimas Notícias

Ativistas mostram massacre de 250 baleias nas Ilhas Faroe na Dinamarca

250 baleias mortas nas Ilhas Faroe na DinamarcaA organização ambientalista Sea Shepherd Global denunciou, através do Facebook, o massacre de 250 baleias-piloto, nas Ilhas Faroe, um território dependente da Dinamarca, no Atlântico Norte, entre Escócia e Islândia, na última quinta-feira. A prática do “grindadráp” (“matança de baleias”) é tradição anual dos moradores locais, que usam arpões e facas para matar os animais. As informações são dos jornais “The Guardian” e “Daily Mail”.

De acordo com a publicação, os mamíferos foram levadas até a orla das praias em Bour e Tórshavn, onde foram cercados e mortos. Nas imagens, divulgadas pela Sea Sheherd, é possível ver que o sangue dos animais manchou o mar de vermelho.

De acordo com a organização, a marinha dinamarquesa deu apoio à realização do evento. “É incompreensível que a Dinamarca, uma nação membro da União Europeia, que luta contra esse tipo de prática, possa justificar sua participação nesse massacre”, disse Wyanda Lublink. O “grindadráp”, no entanto, é legalizado pelas autoridades das ilhas.

loading...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br