Últimas Notícias

Fiscalização apreende 35 malhadores durante a piracema em Roraima

Fiscalizacao apreende 35 malhadores durante a piracema em RoraimaA Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) e a Cipa (Companhia de Polícia Ambiental) intensificaram a fiscalização da Piracema (período de reprodução de algumas espécies, sendo proibida a pesca predatória) no trecho compreendido entre os municípios de Boa Vista, Cantá, Mucajaí, Iracema e Caracaraí, na calha do Rio Branco e nos principais afluentes à direita e esquerda.

A a√ß√£o resultou na apreens√£o de 35 malhadores de diversos tipos e poucos exemplares de curimat√£, pacu e pescadas. As equipes das duas institui√ß√Ķes vistoriaram paran√°s (alguns rios que ocorrem nas laterais de rios de maior porte), lagos que se formam com a cheia dos igap√≥s (termo ind√≠gena que significa raiz de √°gua) e principais rios a montante do Quitaua√ļ, que fica abaixo da Serra Grande, vindo do munic√≠pio de Cant√°.

Neste trecho est√° localizada a atra√ß√£o tur√≠stica da cachoeira V√©u de Noiva, na Serra Grande. Segundo o morador da regi√£o, Pedro Galdino, antes a localidade era cheia de pescador. ‚ÄúAgora diminuiu muito. Falta pouco tempo para acabar a Piracema e esse povo n√£o sabe esperar‚ÄĚ, criticou a insist√™ncia de alguns pescadores em n√£o respeitar o per√≠odo e continuar a pr√°tica da pesca na regi√£o.

Fiscalizacao apreende 35 malhadores durante a piracema em Roraima 2A fiscaliza√ß√£o seguiu rumo ao rio Mucaja√≠. L√° n√£o havia pescadores. De l√° at√© o munic√≠pio de Iracema aumenta a densidade demogr√°fica rural e o n√ļmero de propriedades nas margens do rio Branco, implicando no aumento do n√ļmero de apreens√Ķes de malhadores.

Do Munic√≠pio de Iracema at√© Caracara√≠, pela for√ßa da pr√≥pria natureza pouco se arriscam a pescar nas perigosas corredeiras do Bem Querer. L√° exige experi√™ncia e conhecimento de navega√ß√£o. As pedras proeminentes que podem quebrar a h√©lice propulsora do motor de popa e provocar o descontrole da voadeira, ocasionando colis√£o com pedras submersas a pouca profundidade na l√Ęmina d‚Äô√°gua das corredeiras.


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br