Últimas Notícias

Sanduíche McFish do McDonalds ameaça comunidade no Alasca

Sanduiche mcfis ameaca comunidade de pescadores no Alasca - Comunidade AleutO Filet-O-Fish, sanduíche de peixe do McDonald`s, está ameaçando comunidades de pescadores no Alasca. A pesca massiva está acabando com a população de linguado, fonte de alimentação e renda de povos nativos.

Segundo uma reportagem do Slate, barcos pescam o badejo em massa, nas águas de Seattle, nos Estados Unidos. O peixe é vendido ao McDonald`s, para a produção do sanduíche, e também a alguns restaurantes japoneses na Califórnia, além de abastecer as fileiras de congelados de supermercados como o Walmart.

Os navios pesqueiros, √†s vezes do tamanho de campos de futebol, buscam o badejo no Mar de Bering, que separa o Alasca da R√ļssia. Os navios atravessam o mar e retornam a sua base em Seattle, nos Estados Unidos.

O problema √© que esses barcos n√£o capturam apenas o badejo. Uma vez que suas redes s√£o feitas para pesca em massa, acabam capturando tamb√©m o linguado. A quantidade do peixe est√° caindo nos √ļltimos anos, amea√ßando comunidades nativas do Alasca, como Yup‚Äôik e Aleut.

Eles dependem do linguado como fonte de alimento e também de renda. Com a queda na população do animal, muitos pescadores estão perdendo seus empregos, diz a reportagem.

Mais de 30 mil pessoas no Alasca dependem do linguado para se alimentar. Quase 9 mil dependem da esp√©cie como √ļnica fonte de renda no Alasca e no Canad√°, mas o n√ļmero √© ainda maior considerando pescadores de Washington, Oregon e da Calif√≥rnia.

Legislação
Sanduiche mcfis ameaca comunidade de pescadores no AlascaNa própria embalagem do Filet-O-Fish, o McDonald`s afirma que faz a pesca de forma sustentável. O selo é emitido pelo Marine Stewardship Counsil, que monitora o impacto ambiental da pesca de empresas.

A captura acidental de linguado permitida corresponde a menos de 1% do total pescado pelos barcos comerciais. No entanto, como o volume pescado é enorme, a comissão Pacific Salmon Comission estimou que foram capturados mais de 2,8 mil toneladas de linguado no ano passado.

As taxas de linguado capturadas tamb√©m ultrapassaram o permitido nos √ļltimos anos. Em alguns casos, os pesqueiros jogam os peixes incorretos de volta ao mar, mas poucos sobrevivem.

Um representante do Conselho de Coordena√ß√£o de Pesca do Pac√≠fico Norte afirmou que a organiza√ß√£o quer ‚Äúassegurar o fornecimento de frutos do mar a todas as comunidades, incluindo comunidades costeiras que dependem de peixes para sua sobreviv√™ncia‚ÄĚ.


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br