Últimas Notícias

Câmara decide não punir vereador detido por caça e pesca ilegal em Caçu-GO

Vereador-Laureci-Alves-PRBOs parlamentares da Câmara Municipal de Caçu, no sul de Goiás, decidiram na terça-feira (15) não cassar o mandato do vereador Laureci Alves de Lima (PRB), preso em flagrante por caça e pesca ilegal. Ex-presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente, ele responde pelo crime liberdade.

Lima foi preso junto com dois homens no último domingo (13). A polícia chegou até os suspeitos depois de receber uma denúncia anônima e montar uma barreira de fiscalização na GO-206. No carro em que os suspeitos estavam, os agentes encontraram um veado campeiro morto e peixes menores que o permitido para pesca.

Após a prisão, a Justiça concedeu a liberdade provisória para os envolvidos, mas eles não podem frequentar rios e lagos.

Uma decisão judicial também afastou o parlamentar da presidência do Conselho Municipal de Meio Ambiente e o parlamentar ainda deixou de integrar a Comissão de Meio Ambiente da Câmara.

Apesar disso, os vereadores decidiram por unanimidade não cassar o vereador. “O que todos chegaram à conclusão é que não teve falta de decoro parlamentar. Então o que ficou decidido é que a Justiça comum deve tomar as medidas cabíveis para o caso”, disse a presidente da Casa, Lucimeire Guimarães.


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br