Últimas Notícias

PMA já apreendeu 2 mil metros de redes durante a piracema no PR

PMA ja apreendeu 2 mil metros de redes durante a piracema no PRCom pouco mais de duas semanas de Piracema, a Polícia Ambiental já apreendeu 2 mil metros de redes e 500 metros de tarrafas, além de outros apetrechos de pesca na Região Norte e Norte Pioneiro do Estado. O período de proibição da pesca dos peixes nativos nos rios paranaenses começou no último dia 1º e vai até 29 de fevereiro do ano que vem.

A porta-voz da 2ª Companhia da Polícia Ambiental do Paraná, sediada em Londrina, Camila Reina disse que o número de apetrechos apreendidos até agora é grande para o período. Segundo ela, os pescadores predadores têm um perfil de reincidência e são ousados devido a legislação muito branda.

“Temos quase 2 mil metros de redes neste mês, mais de 500 metros de tarrafas, espinhéis e joão-bobo [espécie de boias com anzóis]. É um número grande de apetrechos, muitos deles proibidos”, disse a porta-voz da Polícia Ambiental.

Ela disse que a maioria dos pescadores detidos foi denunciada por pessoas que mandam para a polícia fotos, mapas e a localização dos infratores, utilizando meios eletrônicos, notadamente o aplicativo WhatsApp.

“Essa é uma época de desova, em que os peixes estão frágeis. Muitos pescadores dizem que não encontram mais determinado peixe nativo. Tem muita gente que faz pesca esportiva, mas tem dificuldade de encontrar algumas espécies. Pescadores predadores ‘varrem’ os rios com malhas cada vez menores, independente da época, em uma prática de degradação da natureza”, disse a porta-voz.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato