Últimas Notícias

Operação conjunta apreende redes, pescado e armas no oeste da Bahia

Operacao conjunta apreende redes pescado e armas no oeste da BahiaEm operação conjunta entre  a Secretaria de Meio Ambiente com apoio do 4º Pelotão de Polícia Militar sob o comando do Tenente Freire, resultou em uma grande apreensão de materiais de caça e pesca nessa quinta (14) em Barra, município no oeste da Bahia.

Durante a operação foram apreendidos 120 kg (cento e vinte kg) de pescado, 1.950 (mil novecentos e cinquenta) metros de redes de pesca, uma balança, um motor de barco e três armas de fogo. Uma pessoa foi detida e conduzida para a Delegacia Territorial da cidade por posse ilegal de arma de fogo.

Segundo o Secretário de Meio Ambiente, Joaquim Dantas, a operação surgiu a partir de uma denuncia anônima que apontou em detalhes locais onde estavam acontecendo pesca predatória no período da Piracema (defeso). Na operação de hoje foram vistoriadas áreas na comunidade Primavera e na Fazenda União.

“Em um único local foi apreendido todo esse material, é como se fosse um ponto de apoio para pescadores da região e que vem de fora. Na hora que a equipe chegou ao local com a polícia a pessoa que tomava conta conseguiu fugir”, conta Joaquim.

Foram apreendidos peixes das espécies “Dourado, Curimatá, Traíra, Mantrixã, Piau e Tucunaré”. Dentre os apreendidos foram encontrados peixes com apenas vinte centímetros o que caracteriza ainda mais a pesca predatória. Todo o pescado apreendido foi dividido e doado para o Abrigo Grupo Esperança (Asilo dos Idosos) e para a Organização Renascer que cuida de dependentes químicos e pessoas em situação de risco.

Mais Rigor na Fiscalização
O Secretário informou que será intensificada a fiscalização até o final do período de defeso no dia 28 de Fevereiro. Ele frisou que, IBAMA e INEMA foram notificados por uma denuncia feita pela secretaria que solicitou apoio de barcos e pessoal para fiscalização em água, o que até o momento não foi atendido. Com isso, a Secretária de Meio Ambiente tem se virado como pode para fiscalizar e evitar o dano ambiental da pesca predatória.

Seguro Defeso na Piracema
Nesse período em que é proibida a pesca, os pescadores cadastrados nas colônias de pescadores recebem o beneficio pecuniário do Seguro Desemprego do Pescador Artesanal, também conhecido como Seguro-Defeso. Na Bahia a portaria interministerial não afetou o pagamento.


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br