Últimas Notícias

PMA apreende redes e flagra pesca ilegal em área de conservação no Rio Paraná-PR

PMA apreende redes no Rio Parana e flagra pesca ilegal em area de conservacao no PRA Pol√≠cia Ambiental do Paran√° fez duas apreens√Ķes de pesca irregular neste fim de semana no Rio Paran√°. Foram apreendidos peixes com tamanho menor que o permitido, redes e tarrafas proibidas e at√© uma arma e muni√ß√Ķes. Quatro pessoas foram presas.

Na madrugada de sábado (5), policiais realizavam patrulhamento aquático no Rio Paraná, proximidades do Porto Camargo e abordaram uma embarcação com dois pescadores, um deles profissional, e encontraram vários peixes com tamanhos inferiores ao permitido das espécies Corimba e Pintado.

Os infratores foram conduzidos para a Delegacia de Icara√≠ma para a lavratura do flagrante por terem infringido o artigo 34, ¬ß √ļnico, da Lei Federal 9.605/98, cuja pena √© de 1 a 3 anos de deten√ß√£o e multa.

Na madrugada deste Domingo, policiais deslocaram at√© o munic√≠pio de Alt√īnia para atender den√ļncias de que pessoas estariam pescando ilegalmente na Lagoa S√£o Jo√£o, localizada no interior da Unidade de Conserva√ß√£o, Parque Nacional Ilha Grande.

Ao chegar à Vila Yara, margens do Rio Paraná, por volta das 2 horas da madrugada, os policias encontraram um Vectra estacionado com uma carretinha para embarcação, e iniciaram o patrulhamento aquático para tentar localizar os infratores.

A equipe policial montou vigil√Ęncia junto √† entrada da Lagoa S√£o Jo√£o, no canal que d√° acesso ao Rio Paran√° e conseguiam ouvir o barulho do motor da embarca√ß√£o se aproximando, foi quando realizaram a abordagem aos infratores.

Os policiais encontraram na embarcação cinco redes de emalhar, que haviam sido retiradas da lagoa, totalizando aproximadamente 300 metros, quatro carretéis com anzóis de espera e pouco mais de 6 quilos de peixes nativos recém capturados das espécies cascudo, corimba, lobo e traíra.

Al√©m dos materiais de pesca, um rev√≥lver Rossi calibre 38 municiado foi apreendido com um dos presos, identificado posteriormente como fiscal ambiental da prefeitura de Alt√īnia.

Dessa forma, ambos foram conduzidos para a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra para a lavratura do flagrante. Além de todo o material, a embarcação e motor de popa 25h foram apreendidos e entregues na Delegacia de Polícia Federal.

Além de responderem criminalmente pelos atos, ambos deverão ser autuados administrativamente pelo Instituto Chico Mendes, órgão que administra o Parque Nacional Ilha Grande.

PMA-PR


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br