Últimas Notícias

Policia Civil apreende 135 peixes, 30 tartarugas e prende infratores em Mato Grosso

Policia Civil apreende 135 peixes 30 tartarugas e prende infratores em Mato GrossoTrês pessoas foram presos pela Polícia Civil com 135 peixes de várias espécies, 30 tartarugas, além de materiais para a realização de pesca predatória. O flagrante ocorreu no município de São Felix do Araguaia (MT), durante essa madrugada. O trabalho foi realizado pela equipe da delegacia após denúncia sobre a existência de práticas de crimes ambientais como a pesca predatória.

Os três suspeitos são “ribeirinhos” e foram surpreendidos nas margens do rio Araguaia, retirando os animais da água com uma rede de aproximadamente 30 metros. Em uma carretinha usada para o transporte do pescado foram  apreendidos 135 peixes, entre Matrinxã, Pintado, Pacu, Jiripoca e Curimba, 30 tartarugas de variadas espécies, além dos petrechos de pesca de uso proibido.

Diante do flagrante, os três envolvidos foram conduzidos à delegacia,  interrogados pelo delegado Valmon Pereira da Silva, que fez a autuação deles por crime de ambiental. Para os pescadores, o delegado arbitrou fiança no valor total de R$ 1,5 mil e eles irão responder ao inquérito policial em liberdade.

As tartarugas encontradas na rede foram devolvidas ao meio ambiente e os peixes doados a entidades filantrópicas da região. “A pena para esses tipos de crimes, apanhar animais  silvestres  e  pesca  predatória, somam  quatro  anos  de  detenção. É preciso que a população se conscientize sobre essas ações delituosas totalmente predatória, acabam prejudicando a preservação das especiais existentes no rio Araguaia, além de afetar a subsistências das famílias ribeirinhas”.

Conforme o delegado, a Polícia Civil de São Felix do Araguaia vem intensificando o trabalho de combate a esses tipos de crimes contra o meio ambiente.

O delegado explicou ainda que a Legislação Ambiental diferencia claramente o que é pesca para consumo próprio e a pesca com rede, sendo que esta faz um cerco a grande número de peixes, sem critérios de tamanho, além de capturar animais silvestres como tartarugas, comprometendo assim a manutenção das espécies.

Kalua Barco Hotel


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato