Últimas Notícias

Ação conjunta resulta na apreensão de pescado ilegal e redes utilizadas na pesca ilegal no RN

Acao conjunta resulta na apreensao de redes utilizadas na pesca ilegal no RNUma ação conjunta entre o Ibama e a Policia Militar Ambiental, resultou na apreensão de redes utilizadas na pesca predatória nas imediações do Rio Curimataú, em Barra de Cunhaú, no município de Canguaretama-RN.

A ação integrada dos órgão ambientais visa garantir a defesa de algumas espécies para a perpetuação destes animais, uma vez que, o Rio Curimataú está inserido em zona de Manguezal, considerado um bioma essencial para reprodução de peixes, entre outros seres.

Durante patrulhamento aquático, a equipe se deparou com uma enorme rede de tapagem, técnica irregular que contraria a instrução normativa nº 3 do Ministério do Meio Ambiente e com malha inferior ao permitido, aumentando o seu poder predatório.

Na rede, foram retirados cerca de 120 kg de peixes de espécies variadas já mortos, a grande maioria muito abaixo da medida, dentre elas, vários filhotes de robalo-flecha, espécie que pode passar de um metro de comprimento e atingir 25 kg.

Segundo informaram os agentes, esse tipo de crime é cometido por pessoas sem licença para a prática e que acabam prejudicando o controle das espécies justamente pelo poder de depredação.

Ainda segundo os agentes, esse tipo de fiscalização continuará a ser realizado na região, a fim de coibir a pesca predatória e ilegal e outros crimes ambientais. Todo o pescado apreendido agora será doado a instituições carentes do estado e o material predatório destruído.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br