Últimas Notícias

Ipaam apreende mais de 3,6 toneladas de pescado ilegal durante operação no AM

Ipaam apreende mais de 3.6 toneladas de pescado ilegal durante operacao no AMO Instituto de Prote√ß√£o Ambiental do Amazonas (Ipaam) por meio da Ger√™ncia de fiscaliza√ß√£o (Gefa) em a√ß√£o conjunta com o Batalh√£o de Policiamento Ambiental (BPAmb) e o Instituto de Desenvolvimento Sustent√°vel Mamirau√° (IDSM) deflagraram no per√≠odo de 7 a 17 do m√™s de junho a ‚ÄúOpera√ß√£o Malhadeira‚ÄĚ que ocorreu nas Reservas de Desenvolvimento Sustent√°vel (RDS), Aman√£ e Mamirau√°., onde apreenderam mais de 3 toneladas de pescado, entre elas a piracatinga, que est√° com pesca proibida. A a√ß√£o contou ainda com a participa√ß√£o do gerente da RDS Aman√£.

Em um total de 123 abordagens, foram lavrados 17 autos de infração, que juntos somam o valor de R$ 216.760,00 (duzentos e dezesseis mil, setecentos e sessenta reais), 29 termos de apreensão, 9 termos de doação, 2 termos de soltura e 2 termos de destruição.

Como resultado, foram apreendidos mais de 1.800kg de piracatinga, mais 1.600 kg de Pirarucu e 150 kg de outros pescados ilegais. Al√©m do pescado, foram apreendidos 3 pacas, 4 macacos da esp√©cie Guariba, 1 quel√īnio, 1 tartaruga da Amaz√īnia, 17 carca√ßas de antas, 8 carca√ßas de pacas e 6 carca√ßas de tartaruga da Amaz√īnia. Tamb√©m foram apreendidas 5 embarca√ß√Ķes, e em uma das abordagens foram encontrados 34kg de entorpecentes, o suspeito foi detido pelos policiais militares que atuavam na opera√ß√£o e conduzido para a delegacia regional do munic√≠pio de Tef√©.

Vale ressaltar que todo pescado apreendido foi doado às comunidades locais e os animais silvestres abatidos à Instituição Mamirauá para fins de estudos científicos.

Piracatinga
A captura e pesca da piracatinga est√° proibida conforme o dispositivo normativo, Instru√ß√£o Interministerial n¬ļ6 de 17 de julho de 2014. A captura deste pescado contribui para a matan√ßa de botos e jacar√©s na regi√£o, utilizados como isca para atrair os cardumes dessa esp√©cie de peixe que se alimenta de restos de outros animais.

J√° o Pirarucu est√° em defeso permanente, ou seja, durante todo o ano, conforme as Instru√ß√Ķes Normativas do Ibama N¬į34/2004 e a N¬į01/2005, podendo ser comercializado apenas quando oriundos de piscicultura licenciada por √≥rg√£o ambiental competente ou de √°rea de manejo devidamente autorizada pelo Ibama.

Instituto Mamirau√°
O Instituto Mamirau√° desenvolve suas atividades por meio de programas de pesquisa, manejo e assessoria t√©cnica nas √°reas das Reservas Mamirau√°, na regi√£o do m√©dio Solim√Ķes. Juntas, estas reservas somam uma √°rea de 3.474.000 hectares e por interm√©dio de conv√™nios com o Governo do Estado do Amazonas, o Instituto apoia a gest√£o destas reservas e pelo menos quatro vezes ao ano mobiliza uma ampla Opera√ß√£o de Fiscaliza√ß√£o junto com o Ipaam e outros parceiros. A Opera√ß√£o Malhadeira √© a segunda a√ß√£o de combate a il√≠citos ambientais de 2016 e j√° est√° sendo planejada uma terceira fiscaliza√ß√£o.

IPAAM-AM


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br