Últimas Notícias

Ibama multa 32 barcos de frota atuneira que ameaça boto-cinza na Baía de Sepetiba-RJ

Ibama multa 32 barcos de frota atuneira que ameaca boto-cinza na Baia de Sepetiba-RJ 2Ap√≥s levantamento in√©dito, o Ibama multou em R$ 1,8 milh√£o 32 embarca√ß√Ķes da frota atuneira nacional que pescavam ilegalmente na Ba√≠a de Sepetiba, no litoral fluminense. Localizada no oeste do estado, a ba√≠a abriga a maior popula√ß√£o de boto-cinza (Sotalia guianensis) do mundo, esp√©cie em risco de extin√ß√£o e amea√ßada pela pesca predat√≥ria.

O Programa de Rastreamento de Embarca√ß√Ķes Pesqueiras por Sat√©lite (PREPS) √© um sistema que monitora a movimenta√ß√£o dos barcos de grande porte na costa brasileira. Para identificar os que estavam praticando pesca proibida no habitat do boto-cinza, a Opera√ß√£o Mareados, realizada pela √°rea de Intelig√™ncia do Ibama, analisou o hist√≥rico de deslocamento da frota pesqueira √†quela regi√£o nos √ļltimos tr√™s anos.

Dos 32 barcos multados, todos eram atuneiros do sul e sudeste do país: 16 saíram de Santa Catarina, 4 do Rio Grande do Sul, 2 do Espírito Santo e 10 do Rio de Janeiro. No período fiscalizado, eles entraram na Baía de Sepetiba regularmente para capturar sardinhas-verdadeiras com rede de cerco Рmodalidade de pesca proibida para a região. Posteriormente elas seriam usadas como iscas-vivas na pesca do bonito-listrado, espécie-alvo dessa frota, já em alto mar.

Atuneiro pescando em area de preservacao na Baia de Sepetiba-RJA Ba√≠a de Sepetiba possui normas espec√≠ficas para pesca por ser um importante ber√ß√°rio natural para muitas esp√©cies marinhas, al√©m de local de ocorr√™ncia do boto-cinza. “A pesca de cerco imprime grande esfor√ßo sobre os cardumes, por isso n√£o √© tolerada em uma ba√≠a como essa.

O decl√≠nio nas popula√ß√Ķes de boto-cinza, entre outras causas, tamb√©m est√° relacionado √† pesca de cerco porque ela compromete os estoques de peixes que alimentam o boto”, diz o chefe da Fiscaliza√ß√£o do Ibama no Rio de Janeiro, Leonardo Tom√°s.

Ibama


Deixe o seu Comentário - Dúvidas e perguntas envie um email para contato@pescamadora.com.br