Últimas Notícias

PMA apreende 210 kg de pescado ilegal durante fiscalização em MT

pma-apreende-210-kg-de-pescado-ilegal-durante-fiscalizacao-em-mtDuas cargas de 200 kg de pescado ilegal foram apreendidas em duas abordagens feitas na região de Poconé, a 104 km de Cuiabá, e em Várzea Grande, região metropolitana da capital mato-grossense. As prisões ocorreram na quarta (20) e quinta-feira (19) e foram divulgadas nesta sexta-feira (21).

Segundo o Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) as prisões e apreensões ocorreram durante o período proibitivo da piracema. Foram apreendidas espécies de pintado, cachara e dourado. Os dois primeiros tipos podem ser pescados fora do período de defeso, desde que respeitadas determinações legais sobre o tamanho. Já o dourado tem captura proibida em qualquer época do ano.

A primeira apreensão ocorreu durante patrulhamento no Pantanal, região do Porto Cercado, município de Poconé. Os policiais encontraram 130 kg de pescado escondidos em um acampamento às margens do Rio Cuiabá. Nessa ação, nenhum pescador foi preso.

A polícia acredita que os suspeitos fugiram do local ao perceberem a aproximação da equipe da PM ambiental. O pescado foi doado. Em outra situação, na região de Valo Verde, na comunidade ribeirinha no município de Várzea Grande, foram apreendidos 80 kg pescado transportados em um veículo. O motorista, de 42 anos, foi preso e multado em R$ 11,4 mil.

pma-apreende-210-kg-de-pescado-ilegal-durante-fiscalizacao-em-mt-2Ele foi levado à Delegacia do Meio Ambiente (Dema). Na carga dele havia dezenas de exemplares de pacupeva, piau e piranha.

Proibição
O período de defeso da piracema (reprodução dos peixes), teve início no dia 1º de outubro de 2016, nos rios que compõem as três bacias hidrográficas de Mato Grosso (Paraguai, Amazônica e Araguaia-Tocantins). A proibição segue até 31 de janeiro de 2017.

Quem desrespeita a legislação pode ter o pescado e os equipamentos apreendidos (carro, barco e outros), além de levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe encontrado.

PMA-MT


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato