Últimas Notícias

Codevasf lança 210 mil alevinos no Rio São Francisco em Sergipe

Cerca de 210 mil alevinos, que são peixes recém saídos dos ovos, são lançados na porção sergipana do rio São Francisco. Esta é a primeira ação de peixamento de 2017 realizada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Além de contribuir para a manutenção do estoque pesqueiro na bacia hidrográfica do São Francisco, os peixamentos são uma importante ação de educação ambiental nas comunidades ribeirinhas. Ao todo, foram 180 mil alevinos de curimatã e 30 mil da espécie piau lançados no leito do rio.

O engenheiro de pesca Iru Guimarães, analista em Desenvolvimento Regional do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Betume (CIB), afirmou que a expectativa é de que mais de 600 mil alevinos sejam lançados no rio São Francisco até o final de janeiro.

Modernização de unidade
Em 2016, o CIB produziu aproximadamente 1,9 milhão de alevinos. O estoque foi utilizado em peixamentos realizados em sete municípios de Sergipe: Cedro de São João, Ilha das Flores, Japaratuba, Neópolis, Pacatuba, Propriá e Neópolis. As espécies produzidas na unidade durante o ano passado foram a curimatã, o tambaqui e o piau.

Atualmente, a Codevasf executa a segunda etapa das obras de ampliação e modernização do Centro Integrado de Betume, que deve resultar em aumento da capacidade de produção para 8 milhões de alevinos por ano. Resultado de um investimento de R$ 2,7 milhões, a obra inclui a construção e reforma de viveiros, a pavimentação de vias de circulação interna, a reabilitação do sistema de captação e a reforma do reservatório de compensação. Em 2016, foi concluída a primeira etapa das obras, após investimento de R$ 1,1 milhão.

Ao todo, a Codevasf possui sete Centros Integrados de Recursos Pesqueiros e Aquicultura em estados situados na bacia do rio São Francisco.

Codevasf


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato