Últimas Notícias

Piracema está abaixo da média no Rio Mogi Guaçu em Pirassununga-SP

Mesmo com índice de chuvas acima da média, o rio Mogi Guaçu parece não ter se recuperado dos efeitos causados pelas estiagens. Segundo a Agência Paulista de Tecnologia em Agronegócio (Apta), as condições estão favoráveis, mas a piracema em Pirassununga (SP) está abaixo da expectativa.

Desde outubro, a cidade já soma 576 milímetros de chuva, volume bem superior à média histórica do período, de 440 milímetros, mas a cheia do rio não tem beneficiado o período de reprodução, perto da cabeceira.

Os cardumes vêm do Rio Grande, na divisa de Minas Gerais e São Paulo, a cerca de 450 quilômetros do município, e, segundo Fábio Sussel, pesquisador da Apta, as últimas estiagens podem ter diminuído a população de peixes.

“Em 2014, tivemos pouca reprodução de peixes e isso diminuiu a população nos rios, então o peixe que era para estar se reproduzindo neste ano simplesmente não nasceu em 2013 e 2014”, disse.

Ele afirmou, porém, que apesar da reprodução estar abaixo do esperado, o quadro ainda pode ser revertido. “O calor está acontecendo e o nível de água do rio está adequado, então mantemos uma expectativa otimista para os próximos meses. A expectativa é de que os cardumes venham se reproduzir em Cachoeira de Emas”.

EPTV – Portal G1 – Globo.com


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato