Últimas Notícias

PMA apreende 50 kg de pescado ilegal e autua turistas em R$ 7,1 Mil em MS

Desde o dia 1º de fevereiro o Estado de Mato Grosso abriu a pesca nos rios de seu domínio. Como nos rios de divisa do Estado (rios da União) e em Mato Grosso do Sul, a pesca continua proibida até o dia 28 de fevereiro, o Comando da Polícia Militar Ambiental destinou equipes para prevenir a pesca predatória na região da divisa com o estado vizinho.

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Coxim (MS) realizava fiscalização preventiva no rio Piquiri no município de Corumbá (MS) e apreendeu nessa terça-feira (14) à tarde, 50 kg de pescado ilegal. Seis turistas goianos contrataram um barco de turismo de pesca, o qual ficou atracada no rio Cuiabá, dentro do território do Estado de Mato Grosso, onde a pesca encontra-se permitida, porém, em embarcações pequenas, os pescadores praticavam pesca no rio Piquiri em Mato Grosso do Sul, onde a pesca está proibida.

Os seis infratores, residentes em Goiânia (GO) foram autuados por pescar no período proibido de piracema. Seis barcos, seis motores de popa, 50 kg de pescado e os materiais de pesca foram apreendidos. Todos os peixes apreendidos com os turistas estavam com ovas, o que significa que o período reprodutivo ainda não fora concluído.

Os infratores responderão por crime de pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e multados em R$ 7.140,00 no total.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato