Últimas Notícias

Meio Ambiente avalia retirar 15 espécies de peixes da lista de proteção da portaria 445/2014

O ministério do Meio Ambiente avalia liberar a pesca de 15 espécies de peixes que são consideradas importantes na atividade pesqueira. Dentre elas estão o badejo, badejo-amarelo, garoupa e o cherne.

A iniciativa de pedir a liberação partiu do deputado federal pelo estado do espirito Santo, Lelo Coimbra (PMDB), que encaminhou nessa terça-feira (25) para o gabinete do ministro Sarney filho, uma lista com 15 espécies de peixes que, na avaliação do setor, não devem ter a pesca e a comercialização proibidas.

Lelo afirmou que os pescadores alegaram o risco da atividade pesqueira tornar-se inviável no litoral do Espírito Santo se a pesca das espécies não for liberada.

Ainda segundo Lelo, em caráter complementar, também foi solicitado à liberação da pesca de cações, raias e tubarões incluídos na proibição da Portaria MMA 445/2014, já que esses, geralmente, são pescados juntos com as outros 15 espécies listadas.

“Estamos comprometidos com essa luta, sem prejudicar o meio ambiente nem as famílias que dependem da pesca”, afirma.

Segundo o Portal G1, o ministério afirmou que “aguarda o aporte de informações sobre a pesca do Espírito Santo” para iniciar uma avaliação sobre possíveis espécies que poderão ser retiradas da lista de proibição.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato