Últimas Notícias

Pescador fisga caranha com deformação no crânio durante pescaria no Panamá

Um peixe fisgado durante uma pescaria no Panamá, levou os pescadores a se questionarem porque o exemplar apresentava uma característica tão incomum.

Na postagem feita nesse domingo (23) por Michael Augat, da empresa especializada em pesca esportiva “Pesca Panamá” em seu perfil no facebook, ele sugere que a caranha (cubera) fisgada se tratava de um cruzamento entre a espécie e um dourado (mahi).

A publicação recebeu vários comentários de pescadores que se surpreenderam com a deformidade no crânio do peixe. Alguns chegaram a dizer que próximo as plataformas petrolíferas se encontram espécies com deformidades, em outro, um pescador relata que frequentemente tem fisgado espécies de peixes com deformidades semelhantes no golfo do México.

O fato é que realmente esse tipo de formação é incomum e ainda não havia sido divulgado registro de fato semelhante.

Sobre a Espécie
Peixe de escamas; corpo forte e alongado; cabeça e boca grandes. Uma das características é a presença de dentes caninos. A nadadeira dorsal é espinhosa e a caudal pouco furcada.

A coloração é muito variável, pode ser pardo esverdeado, com manchas escuras indistintas, róseo escuro ou pardo avermelhado, dependendo da profundidade em que o peixe está; as nadadeiras dorsal e caudal são cinza escuro, as peitorais, ventrais e anal são claras ou róseas. Alcança cerca de 1,5m de comprimento total e 60kg. A espécie mais comum, L. griseus, também conhecida como carainha, é bem menor, alcançando 65cm e 8kg.

Imagem: Reprodução Facebook Michael Augat


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato