Últimas Notícias

PMA flagra turistas transportando 518 kg de pescado ilegal sem lacre no MS

Mais de meia tonelada de pescado ilegal foi apreendido pela PMA (Polícia Militar Ambiental) durante fiscalização na noite desta quinta-feira (26), na BR-262. A carga pertencia a 32 turistas de São Paulo, Goiás e Minas Gerais que estavam em um ônibus de uma empresa de turismo.

Durante fiscalização realizada nessa quinta-feira (25), os policiais Militares Ambientais do Grupamento do Buraco das Piranhas, em Corumbá (MS), abordaram o ônibus onde 32 turistas (27 paulistas, residentes nas cidades de Presidente Venceslau, Presidente Prudente e Presidente Epitácio) (2 Goianos residentes em Goiânia) e (3 Mineiros residentes em Uberlândia), que transportavam ilegalmente 518 kg de pescado de varias espécies, dentre elas 143 kg de cachara, 132 kg de pintado, 122 kg de jaú, 104 kg de barbado, 2 kg de pacu e 15 kg de palmito.

Os pescadores que haviam capturado o pescado, no município de Corumbá, no rio Paraguai, na região da Baía Vermelha e no rio São Lourenço não tinham efetuado a vistoria e o lacre obrigatório para o transporte. Todos tinham informações sobre a necessidade de efetuar a vistoria e lacre do pescado para o transporte, porém, arriscaram.

O pescado foi apreendido. Os pescadores e a empresa de turismo foram autuados administrativamente por transporte de pescado sem a Guia de Controle de Pescado (GCP) e foram multados ao todo em R$ 33.340,00. A falta de vistoria e lacre não se caracteriza crime, mas é infração administrativa, com previsão de multa e apreensão do produto da pesca.

Policia Militar Ambiental – MS


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato