Últimas Notícias

Menor é amarrado em rede de pesca ao ser flagrado por moradores praticando pesca ilegal no Rio Cuiabá (MT)

A Polícia Militar do Batalhão Ambiental apreendeu um adolescente por pesca predatória no rio Cuiabá (MT), na tarde desta quinta (10), na região do bairro Praeirinho no município. Os moradores teriam enrolado o menor em redes de pesca e chamaram a polícia.

Segundo informa√ß√Ķes da pol√≠cia, os moradores viram o adolescente pescando e o alertaram sobre a piracema, dizendo que ele n√£o poderia pescar naquele local. O adolescente teria ignorado o alerta e respondido com ofensas, o que provocou a revolta das pessoas, que pegaram uma rede de pesca e o imobilizaram, enrolando a rede nele. O menor ficou preso pelos moradores, que chamaram a pol√≠cia.

Ele foi flagrado com mais de 15 peixes. Conforme a BPMPA, os policiais encaminharam o adolescente e o pescado para a Delegacia de Meio Ambiente, em Cuiabá (MS), onde os pais também foram comunicados sobre a situação e chamados até a delegacia.

A pesca está proibida em Mato Grosso desde o início de outubro. A piracema irá durar até o final de janeiro. Neste período, quem for pego pescando vai responder por crime ambiental. Além de ter o pescado e os equipamentos apreendidos, o pescador pode levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe apreendido.

Durante a piracema, só é permitida a pesca de subsistência, quando o pescado é usado para a alimentação da família. Mesmo assim, a pesca deve ser na beira do rio e o limite é de 3 kg de peixe.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato