Últimas Notícias

Mergulhadores retiram rede de pesca presa a um tubar√£o-baleia na Bahia

Um grupo de mergulhadores encontrou um tubar√£o-baleia enroscado em uma rede de pesca, conseguiu cortar parte da rede e ajudou a libertar o animal no mar, nas proximidades da costa da praia de Itapu√£, em Salvador (BA).

A situação ocorreu na tarde dessa quarta-feira (18). Ao Portal G1, o mergulhador Henrique Freitas contou que o grupo já conhecia as características da espécie, que não tem dentes.

“A gente fez o trabalho de cortar parte da rede de pesca, que estava machucando ele. Um animal desse porte estava com a rede presa e pedindo ajuda. Acho que ele tinha oito metros, era muito grande. Eu fiquei impressionado, minhas pernas gelaram, mas eu sabia que n√£o ia atacar”, relatou.

No vídeo que dura apenas 35 segundos, um dos mergulhadores se aproxima do animal e corta a rede que aparenta estar presa em seu corpo a um bom tempo. Em seguida o tubarão-baleia segue nadando, momento em que a rede se desprende.

A espécie é considerada inofensiva e suga o alimento que encontra no mar. O animal pode chegar a 15 metros e pesar até 15 toneladas.

Pesca Fantasma
Os equipamentos de pesca como peda√ßos de redes abandonados no oceano acabam se transformando em armadilhas para peixes e outros animais marinhos. De acordo com Juliano Fritscher, bi√≥logo colaborador do IMA, este tipo de ocorr√™ncia √© chamado de ‚Äúpesca-fantasma‚ÄĚ, ‚Äúdiversos peixes, crust√°ceos e outros ficam presos e perdem a vida. A¬†perda de redes¬†√© o maior causador de mortes nesse sentido.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato