Últimas Notícias

Pescadores são atacados por “piratas” no mar do Caribe entre a Guiana e Suriname

Cerca de 20 pescadores de quatro barcos foram atacados por piratas no mar do Caribe no oceano Atlântico entre o Suriname e a Guiana. Segundo relato de quatro sobreviventes, incluindo o capitão de uma das embarcações, piratas armados com facões amarraram as pernas e braços das vítimas, cortaram-nas e as jogaram no mar na noite do dia 1° de maio. As autoridades informaram que baseado nos relatos dos sobreviventes, os criminosos seriam da Guiana.

Eles forçaram os pescadores a pularem ao mar, alguns com pesos atados às pernas. Os quatro pescadores que sobreviveram conseguiram nadar até a costa, os corpos de três dos pescadores foram localizados na quarta-feira (3). A Guarda Costeira, membros da Associação Coletiva de Pesca e navios da polícia rastreiam a área em busca de sobreviventes e à procura dos criminosos. Sete suspeitos foram detidos.

O presidente da Guiana, David Granger, descreveu os ataques como um “massacre”, acrescentando que o ato criminoso é um “revés” para o progresso dos dois países no combate à pirataria nos últimos três anos. Já o presidente do Suriname, Desi Bouterse, não quis se pronunciar publicamente sobre os incidentes.

A região onde ocorreram os incidentes é marcada por dificuldades econômicas e ocorre desde a Colômbia até a Guiana Francesa. A Venezuela é outro país que também teve aumento desse prática, em função da crise.

Um outro ataque pirata em separado foi relatado em uma embarcação perto do canal Matapica, que deixou o capitão do navio morto. As buscas pelos corpos dos desaparecidos ainda continuam

Pirataria nos mares do Caribe
A pirataria tem sido predominante há décadas nas águas do Suriname e da Guiana. Autoridades acreditam que os ataques mais recentes não foram atos aleatórios de pirataria, mas sim realizados por um grupo organizado. Outros relatórios sugeriram que as vítimas podem ter sido mortas como parte de uma disputa territorial entre pescadores locais.


Estimulamos o debate suadável. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato