Últimas Notícias

PMA apreende 73 kg de pescado e autua infratores por pesca predatória no Rio Nioaque (MS)

Policiais Militares Ambientais de Jardim (MS) foram acionados por Policiais Militares de Nioaque (MS), em razão da prisão de três infratores por pesca predatória na noite dessa terça-feira (29).

Na delegacia, os infratores confessaram que capturaram os 73 kg de pescado que foram apreendidos nas proximidades da BR 163, no rio Nioaque, onde a pesca é proibida em toda sua extensão, caracterizando-se como crime ambiental.

Ap√≥s den√ļncia, informando sobre alguns indiv√≠duos que estavam praticando pesca predat√≥ria no Rio Nioaque e no momento estavam saindo de ve√≠culo de um pesqueiro da regi√£o, de imediato a equipe policial deslocou-se at√© as imedia√ß√Ķes e montou um bloqueio policial.

Ao proceder à abordagem de um veículo Ford/Del Rey, o qual estava sendo conduzido por um indivíduo de 32 anos e tendo como passageiros três indivíduos, de 30, 41 e 42 anos, respectivamente, a equipe policial confirmou os fatos.

Os infratores, residentes em uma chácara localizada a 2 km da cidade de Nioaque (MS), ainda utilizaram tarrafa (petrecho proibido) na captura do pescado, o que é crime. Além disso, diversos exemplares apresentavam-se abaixo da medida mínima de captura permitida por lei, o que também é crime.

Na vistoria do compartimento de cargas do veículo, foi encontrado grande quantidade de peixes, que após contabilidade totalizaram 73 quilos de pescado, sendo 91 (noventa e uma) espécie de Curimbatá, 09 (nove) de Piraputanga, 02 (dois) de Pacu, 01 (um) Dourado, 01 (um) de Cachara e 04 (quatro) de Cascudos.

Havia exemplar de dourado com 52 centímetros, quando o tamanho mínimo de captura é de 65 centímetros para a espécie. Ainda, havia exemplar de cachara com 70 centímetros, quando o tamanho mínimo de captura é de 80 centímetros para a espécie

Os infratores conduzidos pelos Policiais Militares, juntamente com o pescado apreendido, foram autuados em flagrante por pesca predatória na delegacia de Polícia Civil de Nioaque e saíram depois de pagar fiança. A pena é de um a três anos de detenção. Cada infrator também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1.188,60 pela PMA.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato