Últimas Notícias

infratora anuncia venda de pescado ilegal em rede social e acaba presa em MS

A Pol√≠cia Militar Ambiental de Campo Grande (MS) realizou fiscaliza√ß√£o uma resid√™ncia no Bairro Sayonarauma no munic√≠pio ap√≥s identificar um an√ļncio de venda de pescado em uma rede social que poderia ser ilegal.

Segundo a equipe, a irregularidade foi constatada e uma mulher foi presa em flagrante. Conforme a PMA, dentro de um freezer e de uma caixa isotérmica, havia peixes de várias espécies em tamanhos inferiores ao permitido e com sinais de captura por petrecho de malha, do tipo rede ou tarrafa (de uso proibido).

A proprietária do pescado alegou que os peixes foram adquiridos na cidade de Miranda (MS), porém, não possuía a comprovação de origem.

No total, foram apreendidos uma caixa isotérmica, um freezer, 117 kg de pescado da espécie piavuçu, 14 kg da espécie pintado, 6 kg da espécie piraputanga, 51 kg da espécie curimbatá, 4 kg da espécie mandi e 9 kg de piranha, totalizando 201 kg de pescado.

A infratora foi encaminhada √† Delegacia Especializada de Repress√£o a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista (DECAT), juntamente com o material apreendido, onde foi autuada em flagrante pelo crime ambiental de pesca predat√≥ria e saiu depois de pagar fian√ßa. A pena para o crime √© de um a tr√™s anos de deten√ß√£o. Ela tamb√©m foi autuada administrativamente e multada em R$ 4.720,00. O pescado ser√° doado para institui√ß√Ķes filantr√≥picas.


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato