Últimas Notícias

Policiamento Ambiental flagra irregularidades de pesca no litoral de S√£o Paulo

Policiais Militares da Companhia de Policiamento Ambiental Mar√≠timo do 3¬į Batalh√£o de Pol√≠cia Ambiental do Estado de S√£o Paulo, a CIAMAR, realizaram patrulhamento mar√≠timo pelo interior da √Ārea de Prote√ß√£o Ambiental Marinha Litoral Centro – APAMLC, setor Guaib√™, munic√≠pio de Guaruj√° (SP), com vistas a irregularidades de pesca e preserva√ß√£o do meio ambiente marinho, onde constataram tr√™s embarca√ß√Ķes em atividade de pesca irregular.

A primeira irregularidade foi constatada próximo a Prainha Branca, onde uma embarcação pesqueira realizava o arrasto de camarão.

Após a abordagem e fiscalização, nada de ilícito foi encontrado, bem como nenhuma irregularidade nas devidas licenças de pesca, porém, a embarcação realizava a pesca de arrasto a menos de 360 metros da costa, contrariado a legislação vigente que proíbe tal prática a menos de 800 metros da costa.

O infrator, um pescador do estado de Santa Catarina, foi autuado por pescar em local proibido determinado pelo órgão competente.

J√° nas proximidades da Fortaleza da Barra, outras duas embarca√ß√Ķes que tamb√©m realizavam o arrasto de camar√£o foram abordadas, sendo constatado a inexist√™ncia da autoriza√ß√£o para tal pr√°tica.

Os dois pescadores foram autuados por exercer atividade de pesca sem a devida autorização do órgão competente.

J√° no litoral norte do Estado, os Policias da CiaMar realizavam patrulhamento pela Praia da Enseada, munic√≠pio de S√£o Sebasti√£o (SP), quando avistaram dois homens retirando do mar, duas redes de pesca do tipo “espera”. Ap√≥s a abordagem foi constatado que nenhum dos dois possu√≠am a carteira de pescador, contrariando a legisla√ß√£o vigente, sendo autuados por exercer atividade de pesca sem a devida autoriza√ß√£o do √≥rg√£o competente. O flagrante ocorreu dentro da √°rea de zoneamento econ√īmico e ecol√≥gico do litoral norte.

As multas somam o valor de R$ 6.800,00 e os seis infratores responder√£o em liberdade por crime ambiental.

Ao todo, seis redes de arrasto, , doze “portas” de arrasto, duas redes de emalhe, somando 180 metros de cumprimento, foram imediatamente recolhidos e apreendidos para posterior destrui√ß√£o.

Já o pescado, 30 quilos de camarão sete-barbas, foram doados a instituição beneficente do município de Guarujá.

Den√ļncias podem ser feitas pelo telefone (13) 3348-4780

Preservar o Meio Ambiente é preservar a Vida
CiaMar РComunicação Social


Estimulamos o debate amistoso. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Pesca Amadora. Mensagens consideradas ofensivas serão excluidas automaticamente. Dúvidas e perguntas acesse a página de contato